Loja Maçônica União e Progresso completa 100 anos de história em Irati

Entidade realiza diversas ações sociais no município e há 32 anos está a frente do Asilo Santa Rita

Daniela Valenga

A Loja Maçônica União e Progresso, localizada em Irati, comemora 100 anos em abril de 2022. Atualmente, 33 homens participam da entidade. Seguindo os princípios da liberdade, igualdade e fraternidade, a Maçonaria é responsável por diferentes ações sociais no município, incluindo a gestão da Instituição de Longa Permanência para Idosos Santa Rita.
“Imaginam a Maçonaria como algo de outro mundo, mas se trata de um grupo de pessoas que se reúnem para fazer o bem para a sociedade”, destaca François Abib Filho, venerável da Loja União e Progresso. No cotidiano, a entidade foi alvo de mitos em relação a sua formação e objetivo, mas os membros descrevem a Maçonaria como uma formação de homens para uma sociedade melhor.
Luís Mario Luchetta, grão-mestre do Grande Oriente do Brasil (GOB-PR), explica que nos últimos anos, a Maçonaria tem buscado uma abertura maior com a sociedade, como forma de compartilhar as ações realizadas pela entidade. “Começamos a mostrar para a comunidade o que fazemos, porque quando você faz alguma coisa e não mostra, você deixa a sociedade raciocinar com a informação que ela tem, que muitas vezes não é verdadeira ou completa, criando uma imagem ireal”, coloca Luchetta.

A Loja Maçônica União e Progresso foi fundada em 16 de abril de 1922 | Foto: Arquivo/ Loja União e Progresso


O grão-mestre também fala que a entidade tem buscado o fortalecimento das famílias, por meio da integração das esposas e filhos dos maçons. No caso dos jovens, são oferecidas escolas complementares de formação. “Eles têm acesso a lições de liderança, filantropia, civismo, disciplina, filosofia, entre outros”, exemplifica.
Para integrar a Maçonaria, é necessário ser indicado por um membro. “A pessoa precisa estar ambientalizada com a Loja local, porque quem entra passa a fazer parte de uma família e não há como integrar um total desconhecido”, explica Luchetta sobre os princípios da entidade. Hoje, também é possível que a pessoa se indique, através do site da Maçonaria, mas antes do processo de avaliação, será analisado anteriormente por um membro da entidade.
Para comemorar o centenário da entidade, no dia 30 de abril foi realizado um jantar dançante que reuniu integrantes da Maçonaria de diversas cidades do Paraná, representantes do GOB-PR, da Assembleia Legislativa Maçônica, além de autoridades municipais e representantes da comunidade iratiense.
Segundo Antônio Ferreira dos Santos Filho, popularmente conhecido como Tuco, engenheiro orador da Loja Maçônica União e Progresso, a ideia é tornar o jantar dançante um evento anual de arrecadação de fundos. “Tem várias entidades que precisam de verbas para realizar as atividades e esta é uma forma da comunidade iratiense apoiar”, aponta.
Ações Sociais
“A maçonaria é uma instituição que sempre contribui, principalmente socialmente, para a comunidade de Irati”, destaca a vice-prefeita do município, Ieda Schimalesky Waydzik. A gestão municipal irá ceder um espaço público para construção de um monumento que marca os 100 anos da Loja.
Entre as ações realizadas estão a manutenção de uma escola para operários na década de 40 e a participação na criação da Unicentro. No aspecto beneficente, a instituição colabora com a Cidade da Criança, escolas municipais e estaduais e causas extraordinárias, como durante a pandemia e situações de enchentes.

A Ordem DeMolay é um dos grupos formados pelos jovens | Foto: Fernando Kovalski/Loja União e Progresso


Uma ação permanente realizada pela entidade é o empréstimo de cadeiras de roda e banho e de muletas para pessoas que necessitam. “Isso é gratuito para toda a comunidade, basta a pessoa entrar em contato”, conta Abib Filho.
“São ações, como diversas outras entidades do nosso municípios, que auxiliam e ajudam a desenvolver o nosso município”, fala Helio de Mello, presidente da Câmara de vereadores.
Um dos destaques das ações sociais promovidas pela Loja Maçônica União e Progresso é o apoio à Instituição de Longa Permanência para Idosos Santa Rita desde 1990. Toda a diretoria é formada por irmãos maçônicos, que buscam proporcionar um local adequado, prezando pela qualidade de vida dos 70 idosos que residem atualmente na instituição e contam com assistência 24 horas por dia.
Durante o evento, foi lançada uma campanha para a construção de um centro de recuperação e recreação na Instituição de Longa Permanência, com cerca de 250m². Conforme Tuco, a ideia é entregar o prédio em dois anos, mas para isso é necessário a ajuda de toda a sociedade.
História
Em Irati, a Loja Maçônica União e Progresso foi fundada em 16 de abril de 1922. Até esse momento, os iratiense participavam da Loja Estrela do Imbituva, para onde seguiam semanalmente, tendo como meio de transporte cavalos.
Segundo o venerável François Abib Filho, o objetivo sempre foi a fraternidade e a solidariedade. “Alguém começou essa história e nós estamos continuando. Na Loja não existe religião, cor, e nem poder aquisitivo. Somos todos irmãos e iguais”, coloca.
Ao longo de 100 anos, mais de 400 homens passaram pela instituição. A primeira reunião aconteceu na casa de Felippe Mansur e Abib Mansur, onde hoje é localizada a agência do Banco do Brasil, na Rua Doutor Munhoz da Rocha.