Safra de feijão está quase pronta para ser colhida

No início do ano, a Prefeitura de Irati distribuiu 20 toneladas de sementes de feijão para agricultores que tiveram prejuízos com o granizo e a estiagem no final de 2021

SECOM

A safra de feijão dos agricultores que tiveram as lavouras atingidas pela estiagem e pelo granizo no fim de 2021 e foram auxiliados pela Prefeitura de Irati com a entrega de 20 toneladas de sementes está quase pronta para a colheita. O agricultor Edanil Camilo, morador da localidade de Boa Vista do Pirapó, relatou que esta ajuda foi muito importante para os pequenos produtores.
“Ficamos agradecidos por isto, e é muito bom porque, no período de estiagem e granizo o pessoal investiu e gastou bastante, e isto aqui é bem vindo para os produtores”, frisou.
O secretário de Agropecuária, Abastecimento e Segurança Alimentar, Raimundo Gnatkowski, ressaltou que a Defesa Civil, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) e o Sindicato Rural também se envolveram neste trabalho, aprovado pelos agricultores. Em um segundo momento, o município recebeu recursos para a compra de 179 telhas, 9 colchões e 328 cestas básicas que serão entregues para famílias de trabalhadores rurais cadastradas junto à Secretaria de Assistência Social, que fará a entrega destes materiais.
O secretário também anunciou que foi publicado no Diário Oficial da União o decreto nº 11029/2022, assinado pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, que dá direito a um rebate de 35% nas dívidas vencidas em 2022, seja do Pronaf Custeio ou Investimento para agricultores prejudicados e que não tenham acionado o Seguro Agrícola. “Aqueles que acaso pagaram antes do dia 1º de abril, não terão este ressarcimento; aqueles que ainda estão por pagar e têm o vencimento do contrato até 31 de julho, fiquem atentos porque tem este rebate de 35%”, frisou Gnatkowski.
A estiagem atingiu todos os estados da região Sul. O município de Irati acompanhou um decreto do Governo do Paraná, o que deu direito aos agricultores de terem este ressarcimento. “Isto tudo foi um trabalho realizado dentro do município de Irati, que nós mencionamos principalmente com a união da Defesa Civil, do CMDRS, da Prefeitura Municipal de Irati e do prefeito Jorge Derbli, que teve uma ação muito imediata. Agora, estamos colhendo um pouco destes frutos. É claro que não é aquilo que nós gostaríamos, porque quando há uma perda, ele (agricultor) já teve seu lucro jogado fora, mas isto veio para ressarcir um pouco deste prejuízo”, finalizou o secretário.
Mais informações podem ser esclarecidas na Secretaria de Agricultura, na Avenida Vicente Machado, 455, ou pelo telefone (42) 3132-6174.