Tecpar e Copel lançam programa para aconselhar jovens em carreira profissional

Cem mentores das duas empresas vão compartilhar sua vivência profissional com os estudantes, que são de escolas do Ensino Médio, atendidos por ONGs, e de escolas públicas inscritas no programa de voluntariado das duas empresas – o Tecpar em Ação e o Eletricidadania

Adolescentes e jovens paranaenses começaram a participar do programa de mentoria realizado pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e pela Copel. Esse programa é a segunda etapa do Projeto Ciclo de Profissões e, neste momento, profissionais das duas empresas públicas irão auxiliar estudantes do Ensino Médio no planejamento de suas carreiras.

No total, serão cerca de 100 mentores das duas empresas que irão compartilhar sua vivência profissional com os estudantes, que são de escolas do Ensino Médio, atendidos por ONGs, e de escolas públicas inscritas no programa de voluntariado das duas empresas – o Tecpar em Ação e o Eletricidadania.

Os profissionais foram capacitados para desenvolver atividades e tarefas, que serão realizadas até a segunda quinzena de julho de maneira remota, explica Hosana Lopes Francisco, coordenadora do programa de voluntariado do Tecpar. “Serão quatro encontros para mostrar aos estudantes a importância de ter um projeto de vida, para apoiá-los no desenvolvimento de metas para dois, cinco e dez anos”, ressalta.

A coordenadora do programa Eletricidadania de voluntariado da Copel, Adriana de Campos Souza, destaca que na primeira fase do projeto os estudantes puderam conhecer detalhes sobre as mais diversas profissões de pessoas que atuam nas duas empresas.

“Agora, os voluntários irão ajudar os estudantes a elaborar o planejamento de suas vidas profissionais e acadêmicas e auxiliá-los no desenvolvimento de novas habilidades”, afirma.

MENTORIA – Uma das participantes é a economista e matemática Adriana Ferrreira Sobanski, que atua com Controle de Contratos na Divisão de Compras do Tecpar. Ela já se encontrou com sua mentorada, a estudante do terceiro ano do Ensino Médio Sara Nunes de Assis Ferreira, e espera auxiliá-la na sua escolha profissional.

Busco contribuir para que os estudantes se tornem pessoas motivadas e que tenham objetivos palpáveis para suas vidas. De forma sincera e honesta, quero falar sobre meus próprios erros e incentivá-los a tomar decisões mais assertivas”, destaca Adriana.

Sara, por sua vez, está de saída do Colégio da Guarda Mirim do Paraná no final do ano e sonha com uma vaga no curso de Administração na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

“Minha expectativa no programa de mentoria é conhecer como foi a vida da Adriana na faculdade e no trabalho, conhecendo quais obstáculos ela teve que vencer no caminho e como ela conseguiu colocar em prática o aprendizado da universidade”, salienta.

PROGRAMA – O Projeto Ciclo de Profissões visa, por meio do voluntariado empresarial no Tecpar e na Copel, auxiliar estudantes do Ensino Médio no planejamento de suas carreiras, oportunizando o conhecimento de diferentes áreas de atuação para que possam avaliar e verificar as carreiras com as quais se identificam.