3ª etapa do Transparaná ocorre no município de Fernandes Pinheiro

Chegada do terceiro dia aconteceu nas dependências do hotel Anila, na sexta-feira (19)

O maior rally de regularização da América do Sul, o Transparaná, largou da cidade de Foz do Iguaçu, tendo como ponto de partida uma das Sete Maravilhas do Mundo- o Parque Nacional do Iguaçu, e a presença do governador Ratinho Junior. A chegada ocorreu no Palácio Iguaçu, sede do Governo, em Curitiba, no sábado (20). Na sexta-feira (19), ocorreu a 3ª etapa da competição, nas dependências do hotel Anila, em Fernandes Pinheiro. Lá, ocorreram a chegada do terceiro dia e a largada do quarto.

A prefeita Cleonice Schuk diz que eventos como estes impulsionam o turismo e são fontes de propulsão tanto para o comércio, quanto para município na forma de arrecadação. “Já coloquei o município à disposição para que na próxima competição seja mais uma vez realizada uma etapa em Fernandes. Temos o ‘Parque da Prainha’ com ambiente ideal para receber um grande número de competidores. E já tivemos o sinal positivo da organização para que isso ocorra”, disse Cleonice. “Esteve presente na competição Eduardo Saçaki, uma lenda no motocross, que agora está na Secretaria de Esporte e Turismo e será responsável pelas competições motorizadas no estado. Isso mostra o empenho do Governo Ratinho Junior em promover o turismo e o esporte no estado, como forma de desenvolver os municípios”, finaliza.

Em 2021, a 27ª edição do Rally contou com 108 veículos de 13 estados do país, vinda de 45 cidades brasileiras distintas, divididos nas seguintes categorias: Master, Graduado, Turismo, Light e Adventure.

Neste momento de pandemia, o formato do evento foi revisto para que todos os participantes e espectadores pudessem acompanhar e participar das competições com a devida segurança. 

Vinicius Gunha, diretor geral do Transparaná, explica que neste momento peculiar que estamos vivendo, o evento sofreu alterações para que pudesse acontecer com maior segurança. “Nos preocupamos com os protocolos da pandemia, limitamos o número de carros participantes, As premiações sempre acontecem em área aberta para evitar aglomeração. Nesta edição, estamos contando com veículos de 13 estados brasileiros, temos pessoal inscrito do Piauí, do Goiás, Mato Grosso, Rio Grande Do Sul e foi um sucesso, com toda a prevenção contra o vírus”, explica Vinicius.

O Rally de Regularidade não envolve velocidade e tem como objetivo desenvolver a capacidade do piloto e navegador de cumprir metas horárias e seguir o roteiro até o destino final da prova.

No ano de 2019, Cristiano Rocha, iratiense, foi vencedor do Rally dos Sertões, a mais longa das provas brasileiras de Off Road e a segunda maior competição Cross Country das Américas, um Rally de velocidade, e nesta edição do Transparaná, Cristiano retornou a realizar a travessia pelo Paraná. “É a terceira edição que participo do Rally Transparaná, e o automobilismo entrou na minha vida desde que eu morava em Irati, andando com a rural do meu pai, com o Jeep Club de Irati, ajudando a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros em época de enchentes. Quando fui morar na Bahia, lá não tinha Rally’s, mas quando me mudei para Goiás, em 2010, comecei a participar das provas e desse tempo para cá vim só crescendo nas competições”, conta Cristiano.

Homenagem (foto Deneca)

Ao encerrar a 3ª etapa, o advogado Fernando Estevão Deneka foi homenageado pelos organizadores do evento. Deneka teve participação essencial na organização das trilhas do trajeto consequente, principalmente na viabilização da etapa que ocorreu dentro da fazenda Santa Joana. Deneka ainda contribui com esportes automobilísticos, representando o estado em esferas internacionais.

Concorrentes regionais

A região sudeste do Paraná esteve representada nesta edição. Cristiano Rocha teve a 3ª colocação na categoria Master, já o 1º lugar da categoria Turismo foi para Ivaí, com a dupla Marcelo e Lucas Cominesi. Imbituva também teve representação com duas duplas, na categoria Turismo,João Paulo e Ricardo Bobato ficaram em 16º, e no Turismo Light, Cristian Muller e Igor Rover conquistaram o 7º lugar.

 

BOX

Classificação final – 27º Transparaná

Categoria Máster

1º Leandro Moor e Gustavo Schmidt, 185 pontos

2º Leandro Riffel e Michael Masson, 163 pontos

3º Cristiano Rocha e Luiz Roberto Spessato, 120 pontos

Categoria Graduados

1º José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade, 170 pontos

2º Paulo Antonio Lacowicz e Ramon Paulo Lacowicz, 126 pontos

3º Rui Cesar Schimtz e André Luiz Lenger, 116 pontos

Categoria Turismo

1º Marcelo Messias Cominesi e Lucas Messias Cominesi, 148 pontos

2º Cezar Leobet e Eduardo Leobet, 146 pontos

3º Rodrigo Lolezano Daraio e Renan Toguchi, 136 pontos 

Categoria Light 

1º Vinicius Gustman e Felipe Tavares, 182 pontos

2º Marcelo Vassoler Sanches e João Batista de Souza Freitas, 153 pontos

3º Denilson Bonfanti e Bruna de Oliveira, 149 pontos

*Resultado completo no site T15 RALLY