Atletas de Rebouças são aprovadas na avaliação técnica da ADELL/Chapecoense Futebol Feminino

Das cinco atletas de rebouças que participaram, duas foram aprovadas.

 

 

As atletas Ágatha Allana Dadona e Ana Paula Tulio, estiveram na cidade de Chapecó em Santa Catarina, entre os dias 27 e 31 de janeiro, participando de uma seletiva na Associação Chapecoense de Futebol. Durante os cinco dias de avaliações, mais de cinquenta atletas de diversos estados participaram, sendo cinco de Rebouças, entre elas, apenas duas foram aprovadas.

Após descobrirem que haveria a seletiva, as meninas começaram a buscar patrocínios na cidade, para ajudar nos custos de inscrição, viagem, alimentação e estadia. Apesar de sempre participarem de campeonatos pela região, e conquistarem alguns títulos, esta foi a primeira vez que foram avaliadas em um grande clube.

“Os treinamentos eram intensos e simples. Treinaram nossa resistência, fundamentos e coordenação. Muitas experiências, fomos avaliadas dentro e fora de campo”, destacou Ágatha.

As meninas reboucenses, sempre estiveram no meio do esporte. Vindo de uma família de ‘boleiros’, Ágatha já jogou e foi campeã com a mãe Adriana de Senia, na primeira Copa de Futebol Feminino Vale do Mel FM. Além do padrasto Dener, que também é jogador amador na região.

“A sensação de fazer parte da equipe da Chapecoense é incrível, mostra todo comprometimento que tive, mostrando o que sei fazer, que é jogar futebol”, disse Dadona.

Conforme o professor Márcio G. Niquelatti, a Chape é a melhor formadora de atletas de categorias de base. “Atualmente, temos duas jogadoras da Chapecoense na Seleção Brasileira Feminina sub-17, sendo elas a lateral Laís Sartori, e a capitã Patrícia Maldaner”, afirmou Niquelatti.

As Atletas da ADELL/Chapecoense se apresentarão entre os dias 26 e 29 de fevereiro, onde passarão a residir em Chapecó Santa Catarina, e darão início aos treinamentos, se preparando para grandes competições.