Alunos do Colégio Estadual Getúlio Vargas, de Fernandes Pinheiro, visitam a sede da Folha de Irati

O objetivo da visita foi conhecer mais a fundo o jornal impresso para enriquecer a disciplina eletiva que os alunos têm no Colégio

Esther Kremer

Na terça-feira (31), os alunos do 7º e 6º ano do Colégio Estadual Getúlio Vargas, de Fernandes Pinheiro, fizeram uma visita a sede da Folha de Irati. O objetivo era conhecer como é produzido, os setores e quais os componentes do funcionamento prático de um jornal.

A professora, Flávia Elis, explica que teve a ideia de visitar o jornal com os alunos por conta de uma disciplina eletiva existente na escola, a JGV – Jornalismo Getúlio Vargas (nome escolhido por uma das alunas). Segundo a professora, os alunos produzem materiais que envolvem a confecção de um jornal e estudam as partes que compõe o mesmo.

Durante a visita, os estudantes realizaram uma breve roda de conversa sobre a história da Folha de Irati e sobre a disciplina trabalhada no Colégio. Após este momento, os alunos conheceram o setor comercial, em que assistiram a uma explicação sobre a função das propagandas, da página de editais e da página da social do jornal.

Em visita a sala da redação, tiveram uma explicação sobre o setor, sobre o jornal impresso e sobre o site da Folha. Ainda, os alunos fizeram diversas perguntas para a equipe que conduziu uma conversa com alunos mostrando os equipamentos, a função de cada pessoa, como a notícia chega até o jornal, como o ele é produzido e de qual forma volta para a sociedade.

Os alunos também tiveram acesso ao setor financeiro, onde puderam conhecer e entender mais sobre o assunto. Por fim, a equipe da redação e do comercial mostraram aos alunos o arquivo existente na Folha de Irati, que conta com um acervo de 49 anos, mesma idade do jornal. Neste momento, as crianças puderam esclarecer ainda mais as dúvidas que tinham em relação ao jornal impresso.

A professora Flávia agradeceu a equipe pela disponibilidade e disse “obrigada pela receptividade, foi muito mais do que esperávamos”.