“Um mar de lixo”: veja como o lixo marinho pode prejudicar a vida dos animais

Os animais são os mais prejudicados com a poluição marinha

Esther Kremer

Nas edições passadas do Folha na Escola, vimos como o lixo que produzimos pode agredir o Meio Ambiente, mas existe um tipo de poluição que pode acabar rapidamente com a vida marinha do planeta, a poluição nos oceanos. 

Todos os seres vivos precisam da água para sobreviver, é um meio de sustento e de desenvolvimento. A seguir, você vai assistir ao vídeo “Um Mar de Lixo”, disponibilizado pelo Ministério do Meio Ambiente. Ele explica a forma como podemos combater essa prática cada vez mais comum:

O que é o lixo marinho?

É todo o lixo sólido utilizado e descartado pelos seres humanos no mar. Na parte da superfície dos mares ficam os lixos plásticos e, de tudo que é descartado no oceano, 90% é composto por plástico.  O restante dos resíduos, que ficam submersos, são compostos, geralmente, por vidros e metais.

Como o lixo chega até o mar?

Na maior parte, são resíduos produzidos em indústrias, comércio, nas casas, hospitais, etc. Em uma menor quantidade, os lixos marinhos são produzidos por embarcações, principalmente, no descarte irregular de óleo.

Apesar da quantidade de água ser bem grande, o tanto de lixo que o ser humano joga no mar é o suficiente para prejudicar diversas espécies, uma delas é a tartaruga que confunde o plástico com pequenas águas vivas.

Atitudes que ajudam a diminuir a poluição nos mares

 Apesar da nossa região ser distante das praias, podemos adotar algumas atitudes, que já vimos em outras edições, para ajudar na tarefa de limpar os oceanos.

  • Diminuir ou acabar com o consumo de plásticos descartáveis;
  • Optar por produtos reutilizáveis;
  • Não jogar lixo em locais inadequados;
  • Reciclar sempre que possível;
  • Apoiar ONG’s que cuidam dos oceanos.

Professora, trabalhe este assunto com os alunos em sala de aula e nos mande foto da sua atividade, você e sua turma podem aparecer na próxima edição do Folha na Escola.