1º Festival Internacional Denise Stoklos traz a cultura da arte à região

Até o dia 02 de dezembro acontece em Irati o 1º Festival Internacional Denise Stoklos. Uma grande programação foi preparada pelos artistas trazendo arte e cultura a toda a região, gratuitamente.
["Denise Stoklos ministrou uma oficina para crian\u00e7as no dia 28 de novembro, no Clube do Com\u00e9rcio",""] (Foto: Foto: Jaqueline Lopes)

  Até o dia 02 de dezembro acontece em Irati o 1º Festival Internacional Denise Stoklos. Os eventos acontecem em vários locais do município. São oferecidos a população o Teatro Essencial, de curadoria da artista iratiense, Denise Stoklos, exposições de acervos, arquivos e documentos históricos da carreira de 50 anos da atriz. Também há seminários, oficinas, palestras e também cinema, leitura dramática e apresentações em palco aberto. A abertura aconteceu no dia 27 de novembro, no auditória da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO) com uma leitura feita por Denise Stoklos. A artista explica que toda a programação é gratuita, e um ônibus tramita entre o teatro Guaíra de Ponta Grossa a Irati, para trazer pessoas de outras cidades, tudo sem custo para quem deseja participar. Muitas vezes as pessoas dizem que não podem frequentar teatro por ser muito caro, e eu concordo. Teatro não é de uma necessidade tão básica em um país como o nosso que tem tantas dificuldades. Então a gente tem sim que oferecer com facilidade. E nós colocamos o nosso projeto na Lei Rouanet, tivemos apoio, também locais e tudo isso permitiu que a gente fizesse dessa forma, trazendo para quem tiver interesse sem menor impedimento financeiro, observa Denise.

PEÇAS A curadora do festival se apresentou no primeiro dia com a leitura do texto Teatro para crianças. É um texto que conta a história do teatro, porque o teatro existe. Dois dias depois eu vou fazer a leitura da minha primeira peça que completa 50 anos agora, disse Denise. Além dessas peças, outras acontecem até o final do festival com artistas renomados e muitos que se inspiraram na carreira da dramaturga. Alguns dizem que fizeram suas peças em cima dessas ideias do ator seu próprio autor, coreografo, sonoplasta, iluminador, quase não ter cenário. E alguns deles estarão aqui com seus trabalhos resultantes dessa linha, que eu chamo de Teatro Essencial, ressalta.

 CARREIRA Neste ano de 2018, Denise Stoklos completa 50 anos de carreira, e para conhecer sobre a história de vida da artista o festival traz vídeos inéditos e exposições, um deles acontece no prédio da antiga prefeitura, que a partir do próximo mês será utilizado pelo Subgrupamento do Corpo de Bombeiros de Irati, que se mobilizaram para realizar a atração. Quando perguntado sobre sua carreira, Denise animada conta que ainda tem muitos projetos pela frente. A ideia é fazer mais 50, porque nunca a gente completa um projeto, tem sempre coisas que estão faltando, ideias que não se complementaram e que precisam ter mais estudo ou mais aprofundamento. Então há muito o que se fazer, completa.

O FESTIVAL O Festival Internacional Denise Stoklos de Solo Performance é uma das ações que vem a legitimar a importância de trabalhos de experimentação e novas linguagens no campo das Artes Cênicas. O festival que acontece em Irati é o primeiro oficial da artista, ela comenta sobre a importância desse tipo de arte para a região. Eu quando criança tinha essa dificuldade, queria desenvolver minha vocação e não tinha teatro aqui. Então sofria com isso, e até hoje não tem teatro. Por isso a gente precisa fazer festival para ter muito teatro para que as pessoas entrem em contato para verem se aquela é a sua vocação, e também por essa como uma possibilidade de vocação, comenta.

TEATRO EM IRATI Uma das grandes reivindicações da população de Irati é o término do teatro, que leva o nome de Denise Stoklos. Sobre o assunto a artista diz ter esperanças que seja finalizado, para alavancar a cultura do teatro na região. Sempre que se movimenta coisa em alguma área tudo vai como um dominó, vai acontecendo, e o Senador Roberto Requião teve essa grande ideia de construir esse teatro aqui e, infelizmente, por motivos burocráticos acabou parado. Mas há esperança de que esse teatro seja terminado. Ai então o festival vai ser maior ainda do que agora, conclui.


Veja Também