2ª ExpoAzul marca aniversário de Rio Azul

Evento reuniu em torno de seis mil pessoas no Parque da Pedreira
O parque de diversões foi sucesso nas ExpoAzul, mais de duas mil crianças aproveitaram os brinquedos disponíveis pela Prefeitura. (Foto: Reprodução)

Mais um aniversário de Rio Azul foi comemorado com a ExpoAzul, que chegou na sua segunda edição neste ano. O evento reuniu seis mil pessoas nos três dias de festa, que puderam aproveitar todos os serviços preparados pela Prefeitura.

A festa começou na sexta-feira (12), com o Festival de Quadrilhas que reuniu os grupos do município para as apresentações. Já no sábado (13), o número de visitantes foi maior, principalmente, com a abertura do parque de diversões, em que mais de duas mil crianças puderam aproveitar.

Para o prefeito Rodrigo Solda, a festa foi melhor do que o esperado, e as pessoas puderam conhecer mais o local. “Foi uma grande festa. Ao mesmo tempo que as crianças usavam os brinquedos, vimos os pais circulando, vendo as exposições, os produtos artesanais e da cultura familiar. Todos os produtos expostos foram produzidos em Rio Azul. Esse foi um ganho para a gente na organização, porque vimos que conseguimos chamar a atenção, sem falar na exposição que foi feita pelo pessoal da Prefeitura”.

Segundo Solda, com o evento foi possível recuperar o espaço do Parque da Pedreira. “Estamos dando uso ao parque, porque ficou algum tempo parado e concluímos a obra. A diferença é que conseguimos acomodar várias atrações nesse espaço, e uma das principais é o Femura, o festival de música. A diferença é que a família vem acompanhar as festividades. Teve espaço para as crianças com o parque de diversões e, à noite, teve para os adultos”.

A ExpoAzul teve várias atrações, além das exposições dos trabalhos da Prefeitura, como o teatro sobre saúde, em que quem assistiu pode conhecer como funcionam alguns procedimentos; evento ucraniano, festival de quadrilha e o de música. Com mais este sucesso, Rodrigo diz que, ano que vem, a ExpoAzul continua. “Vamos continuar desenvolvendo a festa. Queremos trazer mais atrações e, com um dia deste, que o clima colaborou, e a gente pôde comemorar estes 101 anos de Rio Azul”.

FEMURA

Um dos principais eventos dentro das festividades foi o Festival de Música Sertaneja, o Femura, que aconteceu na noite de sábado (13). Segundo o chefe de gabinete, Felipe Cheremeta, ao total, foram 26 inscritos, sendo 14 de Rio Azul, na fase municipal, e 14 na regional.

As apresentações encantaram os presentes com belas canções sertanejas. O vencedor do ano passado, Daniel Petroski, participou novamente do festival, mesmo com uma apresentação aplaudida intensamente pelo público, ele conseguiu o quinto lugar. Para ele, é sempre uma alegria estar no evento de música. “É um festival que eu já participo há muito tempo, desde criança, é muito bacana, eu gosto muito de cantar aqui. O festival é uma forma de valorizar a cultura, ela vem se perderam um pouco, têm poucas cidades que mantém esta tradição, e é dos festivais que surgem grandes cantores. A história já mostrou isso, e por que não um talento ser revelado aqui em Rio Azul?”, observa.

Cheremeta também destaca a importância do festival para os talentos da cidade e da região. “Tivemos um grande número de inscrições, acho que foi um dos maiores, e é muito importante para difundir os cantores, grandes talentos da nossa região e da nossa cidade, que a gente não conhece. É uma grande oportunidade desses cantores mostrarem seu talento no sertanejo, vários estão se adaptando. Então, é um ótimo festival que temos aqui”.

GANHADORES DO FEMURA

FASE MUNICIPAL     

1º Gerson e Jair

2º Adriana Petreski P. Rymsza

3º Celso e Jocimar

FASE REGIONAL

1º Maick e Guinno

2º Isah Bueno

3º Edenilson Alves

 

SLAVA UKRAÍNI

Outra atraçãoda festa foi o evento Slava Ukraíni, organizado pelo grupo folclórico Kalena, em que o público que visitou as festividades, pôde observar um pouco da cultura ucraniana. Durante o dia foram realizadas oficinas de artesanato, com bordados, produção de pêssankas, entre outras atividades, que depois, ficaram em exposição na festa. Também teve a parte culinária, com pratos típicos ucranianos, e apresentações folclóricas.

 


Veja Também