Alunas de Rebouças ganham premiação nacional em Olimpíada de Língua Portuguesa

Três estudantes do município foram premiadas e conquistaram medalhas de ouro e prata
Na imagem, as alunas durante o evento de premiação, juntamente com a professora Carla Carraro e a diretora Silvia Belozupko, que viajou representando a professora Maria Silmara Hilgemberg (Foto: Reprodução)

Mais de 170 mil inscritos de todo país, divididos em cinco categorias, e a cidade de Rebouças conquista um ouro e duas pratas na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa, concurso organizado pelo Ministério da Educação. O resultado improvável aos olhos de muitos é o fruto do trabalho de muitos professores, diretores e, claro, da dedicação e talento de três alunas de escolas dos faxinais do município.
Fernanda de Souza Fagundes, do Colégio Estadual do Faxinal dos Francos, conquistou o ouro na Olimpíada com seu artigo de opinião “O pão nosso de cada dia pode estar envenenado”. Já o texto “Para lá daquele mata-burro”, escrito pela aluna Héwilli Gonçalves Ferraz do Colégio Estadual do Campo de Faxinal dos Marmeleiros, ficou com o segundo lugar na categoria Memórias Literárias – mesmo lugar e escola que veio o texto “Um raminho de arruda e um rosário na mão” da aluna Emeli Vichinieski Wieczorkoski na categoria crônica.

Para chegar lá, as alunas passaram por cinco etapas, todas acompanhadas de perto por suas professoras, “Primeira vez que acompanhei nesse processo e é muito bom, afinal, permite que os alunos ultrapassem os muros da escola, que seus textos, suas ideias cheguem a mais gente, isso que nos motivou a inscrever as alunas”, comenta a professora Carla Carraro, do colégio de Faxinal dos Francos.
Para as alunas que participaram desse projeto foi algo único, “puderam conhecer novas cidades, novas pessoas, participar de cursos, conhecer escritores famosos, é um aprendizado não apenas escolar mas para a vida, algo bastante marcante para elas e para nós como educadoras”, explica Carla.
Fernanda, aluna que conquistou o primeiro lugar revela que todo essa caminhada até a medalha de ouro jamais será esquecida, “Foi um momento muito marcante na minha vida, algo que guardarei na memória e levarei como incentivo e orgulho para sempre”.

A diretora da escola da localidade do Faxinal dos Francos, Silvia Belozupko, viajou junto representando a professora de Fernanda, Maria Silmara Hilgemberg, um resultado deles alegra e incentiva a todos, “é uma prova do caminho certo, o que incentiva toda nossa rede de educação, bem como as alunas e professoras, afinal, ganharam, entre outros prêmios, até viagem”, comenta Silvia.
As três alunas tem em comum a mesma formação: a rede municipal de ensino, fator que trouxe orgulho a todos professores do município, “independente da rede municipal ou estadual, todas pessoas ligadas a educação ficaram muitos felizes com esses resultados, uma prova de como a educação em Rebouças está caminhando muito bem”, contou a secretária e educação do município, Elismara Teixeira.


Veja Também