Alunos de Prudentópolis conquistam primeiro lugar estadual em projeto do Ministério Público do Trabalho do Paraná

Ao todo, o projeto contou com a participação de 91.701 alunos de 746 escolas de 53 municípios do Paraná. Com três fases, Municipal, Estadual e Nacional, os trabalhos são avaliados por uma comissão julgadora do MPT-PR
Alunos de Prudentópolis durante premiação na categoria estadual (Foto: Reprodução / Prudentópolis)

Com o objetivo de transformar as escolas em multiplicadores do conhecimento sobre o trabalho infantil e a necessidade de seu combate e erradicação, a Secretaria Municipal de Educação de Prudentópolis, por meio das escolas municipais, em parceria com o Ministério Público do Trabalho do Paraná, desenvolveu ações voltadas ao projeto: ‘’Resgate a Infância’’, focado no combate ao Trabalho Infantil.

Um dos trabalhos realizados classificou o município em primeiro lugar na categoria música, etapa estadual. Neste ano, alunos dos quartos e quintos anos de escolas municipais participaram do prêmio, inscrevendo trabalhos em cinco categorias: conto, poesia, música, desenho e curta-metragem. Os trabalhos abordaram o tema trabalho infantil, destacando um ou mais de seus aspectos (causas, consequências, políticas públicas e ações de prevenção). A produção e a apresentação dos trabalhos foram realizadas pelos alunos e a participação dos educadores se limitou às atividades de apoio, orientação e acompanhamento.

O município de Prudentópolisentão foi classificado na etapa estadual na categoria música, por meio da Escola Municipal Tiradentes. Na terça-feira (08), os alunos da escola, acompanhadosda direção, pedagoga, professores e equipe da Secretaria Municipal de Educação, estiveram em Curitiba, no Auditório da FIEP, para participar da cerimônia de premiação referente ao projeto e ficaram alcançaram a primeira colocação estadual, classificando para a fasenacional.

Ao todo, o projeto contou com a participação de 91.701 alunos de 746 escolas de 53 municípios do Paraná. Com três fases, Municipal, Estadual e Nacional, os trabalhos são avaliados por uma comissão julgadora do MPT-PR.

Na etapa estadual, a premiação soma um total de R$ 150 mil, sendo: R$ 15 mil para o melhor trabalho de cada categoria; R$ 10 mil para o segundo; e R$ 5 mil para o terceiro. A premiação deve ser, necessariamente, investida na revitalização da escola, conforme estabelecido no edital. O Prêmio tem por objetivo fomentar a participação de crianças e adolescentes nas ações de mobilização, conscientização e prevenção do trabalho infantil.

O prefeito Adelmo Luiz Klosowski parabeniza os alunos. “Parabenizamos a todos os alunos, juntamente com professores e equipe de apoio, pelo brilhante trabalho desenvolvido. Um projeto valioso em prol de uma Educação de qualidade, prevenção e erradicação do Trabalho Infantil”, diz Klosowski.

Em 2018, no mesmo projeto, a Escola Municipal Coronel José Durski de Prudentópolis venceu a etapa Estadual e Nacional na mesma categoria.


Veja Também