Centro da Juventude promoverá desenvolvimento integral de adolescentes e jovens

Município investiu quase R$ 1 milhão para entregar obra à comunidade. Solenidade será realizada na próxima sexta-feira (25)
Com dificuldades financeiras, município teve custo de cerca de R$1 milhão para finalizar a obra, sendo que seriam R$180 mil na época inicial (Foto: Paulo Dissenha)

Na próxima sexta-feira (25), está prevista a inauguração do Centro da Juventude em Irati. A obra, que ficou paralisada por cerca de cinco anos, finalmente será entregue para atender a comunidade com voltadas para o desenvolvimento da cidadania de adolescentes. Como o próprio nome diz, este será um espaço onde o jovem iratiense poderá vivenciar atividades para o combate e prevenção a violência, fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, e que visa promover o acesso ao lazer, esporte e cultura.

Mais uma grande obra em Irati deixa o status de parada. O Centro da Juventude – área construída de (..) mil m², é um espaço acessível de convivência e funcionado como um programa estratégico do Governo do Estado. “Quando assumimos a administração, nós tínhamos um volume muito grande de obras paradas. E uma delas era o Centro de Juventude. Já no início do mandato, imediatamente busquei um contato em Curitiba para que esta obra fosse terminada, em razão da importância que ela tem diretamente na vida de jovens e adolescentes de Irati”, disse o prefeito Jorge Derbli.

TRAMITAÇÃO E ESFORÇO DO MUNICÍPIO

O valor com que o município deveria arcar na época era de, aproximadamente, R$ 150 mil. “A preocupação nossa era de que esta construção estava parada há muito tempo. Devido a este período de paralisação de quase cinco anos, houve depredação, deterioração e incêndio. Não houve o devido cuidado com o patrimônio público”. Derbli disse que, por conta desta situação, o valor para conclusão da obra ficou muito alto e a Prefeitura precisou aportar.

“O resultado de várias reuniões com a então secretária de Estado da Família, Fernanda Richa, chegamos ao acordo de que o Governo do Estado entraria com R$ 800 mil e a Prefeitura com R$ 800 mil. Para se ter uma ideia, esse total de R$ 1,6 milhão é equivalente a 10 vezes o valor que custaria a conclusão da obra, se ela não tivesse sido paralisada”, expõe o prefeito.

Para poder cumprir o acordo assumido com o Governo, o município precisou realizar um planejamento cuidadoso. “Foi um sacrifício bastante grande de recursos próprios, já que arcamos com uma despesa que deveria não ter sido necessária, caso a obra tivesse acontecido no prazo normal”.

Com o entusiasmo da obra, enfim, finalizada, a Prefeitura encontrou um novo problema pela frente com a piscina do Centro da Juventude. Segundo Derbli, o tempo em que a área ficou parada, sem manutenção, gerou trincas e danos gerais na estrutura, e tecnicamente, a piscina não poderia ser utilizada. E, para solucionar esta situação, foram gastos mais R$ 180 mil.

COMO FUNCIONARÁ O CENTRO DA JUVENTUDE

Foram gastos R$180 mil para arrumar a piscina depradada. Foto: Paulo Dissenha

O Centro da Juventude atenderá adolescentes e jovens, prioritariamente entre 12 e 18 anos, pertencentes a comunidades com índices de vulnerabilidade e risco social. Depois da inauguração, será iniciado o processo de inscrição e seleção de participantes das atividades, em um prazo de 30 dias.

A secretária de Assistência Social de Irati, Sybil Dietrich, conta melhor como funcionará este espaço. “Formamos uma equipe interdisciplinar com a presença de pedagoga, psicólogo e assistente social para realizar o trabalho social com nossa população jovem que ficará responsável pela organização do cronograma de atividades, material e espaço físico, assim como farão a busca ativa e acompanhamento dos adolescentes. Contamos com a parceria da Secretaria de Esporte, de Cultura e outras instituições que trarão atividades no espaço”.

A equipe trabalhará em tempo integral, das 8h às 18h, e os outros profissionais, como oficineiros e educadores, realizarão atividades no espaço. Para o início, a secretaria prevê várias ações. “Vamos ofertar oficinas, como de teatro, dança, taekwondo, xadrez, tênis de mesa, judô, futsal e de cidadania”. A secretária informa que a programação será divulgada durante a cerimônia de inauguração.

CONCLUÍDO MESMO COM DIFICULDADES

Ainda com tantos problemas e dificuldades, o município teve que arcar, ao fim, com quase R$ 1 milhão para a conclusão do Centro da Juventude, quando poderia ter gasto apenas o previsto no projeto inicial, que era R$ 150 mil. “Mas o que importa é que, de qualquer forma, estamos entregando esta obra que vai trazer um bem enorme para toda a população. Felizmente, conseguimos cumprir a meta de concluir mais uma obra que estava parada, que iremos inaugurar já nos próximos dias”, comemora o prefeito de Irati.

O QUE VAI ROLAR?

As primeiras oficinas oferecidas pelo Centro da Juventude serão de teatro, dança, taekwondo, xadrez, tênis de mesa, judô, futsal e de cidadania. Quer participar? Depois da inauguração, prevista para a sexta-feira (25), serão abertas as inscrições para jovens entre 12 e 18 anos, e o processo de seleção para participar das atividades. Mais informações, entre em contato com a Secretaria de Assistência Social de Irati, pelo telefone (42) 3907-3102.


Veja Também