Circuito “Pinheiro de Pedra” atrai cerca de 600 participantes

Evento passou por vários pontos turísticos de Prudentópolis
(Foto: Assessoria Turismo)

No último domingo (16), aconteceu em Prudentópolis a II Caminhada Internacional da Natureza e o II Cicloturismo – Circuito “Pinheiro de Pedra”. Nos dois esportes, aproximadamente, 600 pessoas participaram.

O circuito começou na localidade de Ponte Nova, perto das 8h. A caminhada teve um percurso de 14 quilômetros, e no Clicloturismo foram 35 quilômetros percorridos. Pessoas de Prudentópolis, Irati, Ponta Grossa, Palmeira, Ivaí, Guarapuava, Mamborê, Curitiba, Campo Mourão, Guamiranga, Pinhão, Campo Largo, Castro, Imbituva, Maringá, e até São Paulo estiveram presente.

A caminhada iniciou do Pinheiro de Pedra - o Geossitio Pinheiro de Pedra, e passou por três pontos turísticos do município, como o cemitério antigo, indo até a plantação de trigo e ao final a Cachoeira Grota Funda.

Já o cicloturismo passou por outros, além do Pinheiro de Pedra, onde iniciou, os ciclistas passaram pela Igreja do Taboãozinho, do Tijuco Preto, na comunidade de Taboão, Cascalheira chegando, também, na Cachoeira Grota Funda.

Segundo a Secretaria de Turismo, que vem incentivando esses eventos para divulgar as belezas naturais do município, o Cicloturismo já vem se consolidando e a caminhada já é feita em um roteiro alternativo. “Em conversa com a Secretaria de Turismo, juntamente, com a comunidade de Ponte Nova foi enaltecida a lenda do Pinheiro de Pedra, onde posteriormente veio a ideia de realizar esses dois eventos. É importante o trabalho da Prefeitura Municipal através das secretarias de Turismo e de Esportes com apoio de diversos setores da Prefeitura, bem como, parceria com a Emater, a comunidade Local e empresários”, disse a secretária, Cristiane Guimarães Boiko Rossetim.

Cristiane, ainda destaca a importância desses esportes para o turismo local. “Um evento como esse é importante para fomentar a economia do município, bem como, conhecer os atrativos turísticos da cidade, além da importância da troca de experiências da comunidade que recepciona com os turistas que vem prestigiar os eventos”.

 

 


Veja Também