Comemorando 30 anos, Parque Aquático ganha nova reforma

Ponto de atividade física e lazer da população terá alargamento da pista de caminhada, área maior de calçadas e instalação de ciclovia
Pista de caminhada do Parque Aquático aumentará em 70 cm e receberá novo recapeamento (Foto: Fernanda Hraber)

Desde o dia 29 de julho, o Parque Aquático de Irati está em obras. O cartão postal do município ficará ainda mais adequado para a prática de atividades físicas com o investimento de cerca de R$ 368 mil, conquistado por meio do Ministério do Turismo. Entre as mudanças estão a ampliação da pista de caminhada, ciclovia e o estreitamento de uma das ruas no entorno.

Criado em 1989, o Parque não recebia novas construções desde 1990, de acordo com o secretário de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo, engenheiro Adriano Batista. “Com esta obra, teremos melhorias de acesso, de calçadas com irregularidades de pedra e raízes de árvores que estavam danificando a pista de caminhada, por exemplo. Houve um novo convênio que tornou possível de a Prefeitura realizar estas mudanças”, destaca Batista.

O QUE VAI MUDAR

As alterações no Parque Aquático vão contribuir, diretamente, com quem pratica atividade física. A engenheira civil, Renata Toniolo, da Fiscalização do município, explica que a pista de caminhada do Parque receberá mais 70 cm de ampliação e um novo recapeamento. “Na parte externa, as calçadas também terão um alargamento de cerca de 1,20 m, ficando com 2,40 m de largura total. As calçadas, que já estão sendo retiradas, serão substituídas por paver”, cita Renata.

Uma novidade neste projeto é a instalação de uma ciclovia. “Teremos ciclofaixas com, aproximadamente, 1 km em torno do Parque Aquático, sentido ida e volta com pintura vermelha e tachões para reforçar a sinalização”, acrescenta a engenheira.

“Essas melhorias de calçadas, ciclovias e ciclofaixas e a ampliação da pista de caminhada com novo recapeamento são situações para melhorar a qualidade de vida da população, visto que o parque é amplamente utilizado”, conclui o secretário Batista. Além disso, serão instaladas novas lixeiras e bancos na área.

PLANEJAMENTO DA OBRA

A empresa vencedora do processo licitatório é a Unas Construtora Ltda, tendo como responsável a engenheira civil, Diana Serbai, que possui seis meses para concluir a obra. “Neste momento, começamos pela remoção dos bloquetes e já estamos fazendo um novo meio fio. Na segunda etapa, será a vez de trabalharmos com o paver em torno do Parque, nas Ruas Caetano Zarpellon, Expedicionário José de Lima e Adão Panka”, relata Diana, seguindo o planejamento do projeto que ainda prevê, na sequência, os reparos na pista de caminhada.

Uma das etapas finais é a conclusão da ciclovia e, como ocupará mais espaço do lado externo do parque, as Ruas Caetano Zarpellon e Expedicionário José de Lima ser sofrerão redução em suas larguras. A última rua mencionada ainda passará a ser mão única, segundo Diana.

Como alguns itens não estão dentro do orçamento da empresa, equipes da prefeitura estão colaborando com os serviços de remoção de árvore, raízes, calçadas e limpeza do local para receber a obra.


Veja Também