Derbli inaugura obra do Centro da Juventude paralisada há oito anos

Depois de nove anos paralisada, obra é entregue à população com o objetivo de oferecer múltiplas opções de atividades de formação social e cidadã
(Foto: Reprodução PMI)

Depois de paralisado há oito anos e com o custo total de R$ 3,6 milhões, o projeto do Centro da Juventude Nagib Harmuch de Irati foi entregue à comunidade. A Prefeitura de Irati e o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, realizaram a solenidade de inauguração na manhã de quinta-feira (07). Este será um espaço com atividades voltadas aos adolescentes e jovens do município.

A espera foi grande, mas chegou ao fim. Uma das maiores obras, tanto no quesito de construção como de importância para o município, finalmente foi concluída. Iniciada ainda no mandato do ex-prefeito Sergio Stoklos, que administrou Irati entre 2005 e 2012, foi Derbli o responsável pela articulação para fazer com que a obra fosse finalizada.

“Nós tínhamos o compromisso de terminar e dar continuidade a todas as obras que recebemos da administração anterior. E o Centro da Juventude é uma das obras que assumimos, pois ela começou em 2010. E hoje, com muita satisfação e alegria, a gente entrega à comunidade um local que possui cunho social muito grande para atender a nossa juventude”, comemora o prefeito Derbli.

Segundo ele, nesta retomada da obra, o município teve que investir mais R$ 800 mil em função de vários problemas que foram ocasionados pela obra estar paralisada, como a depredação. “Nós tivemos uma pressão do governo para finalizarmos a obra ou devolvermos R$ 2 milhões do que foi investido pelo governo. É lógico que eu não iria devolver, pois não tinha motivos para ficar com um prédio inacabado. Neste esforço, o Estado nos ajudou, tanto com o governador Ratinho, quanto Beto Richa, por meio da Fernanda Richa, que, enquanto secretária, foi peça fundamental para fazer as tratativas para concluirmos a obra”, disse o prefeito.

Representando o governador, o secretário Leprevost esteve participando da inauguração. “Eu espero que este Centro da Juventude sirva a todos da melhor maneira possível para manter os jovens longe das ruas, da violência, das drogas para que possam praticar esportes, fazer atividades artísticas e ter um contra turno escolar. Esta é a política do governo Ratinho Junior”, ressaltou Leprevost.

ESTRUTURA

A área total do Centro da Juventude é de 5.300 metros quadrados. O espaço possui laboratório de informática, rádio comunitária, quadra poliesportiva, pista de skate, e piscina semiolímpica, sala multiuso, biblioteca, sala de dança, teatro de arena, auditório, estúdio de gravação. Serão promovidas diversas atividades de esportes, como natação, futsal, vôlei e basquete; prática de skate e oficinas de artes marciais, informática, teatro, danças folclóricas e contemporâneas, radialismo e jornalismo.

A Secretaria de Assistência Social de Irati, que é a responsável por administrar o Centro da Juventude, ainda está estudando o cronograma inicial de ações. “Este é um espaço para o jovem. A coordenação é da Assistência Social, mas as atividades serão ofertadas em conjunto com as demais secretarias. É um ambiente multifuncional que engloba diversos aspectos importantes para o desenvolvimento psicossocial e cidadão dos jovens” define a secretária da pasta, Sybil Dietrich. Ela conta que, a partir de agora, haverá um período de 30 dias de reconhecimento de demanda, de divulgação das ações e do cronograma.

Uma das atividades que será desenvolvida no Centro da Juventude é o taekwondo. Quem ministrará as aulas é o Grão Mestre Carlos Melo. “Faz três anos que moro em Irati e fui convidado para fazer a oficina de taekwondo que será muito importante para a juventude. Este espaço está perfeito, pois o foco é tirar as crianças da rua e aqui, elas terão atividades”, definiu.

O HOMENAGEADO

O Centro da Juventude recebeu o nome do radialista Nagib Harmuch (in memoriam) por uma lei municipal de 2012, que foi aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores da época e sancionada por Stoklos por seus feitos pela comunidade. Em nome de toda a família, a filha Jussara Harmuch, que é a diretora da Rádio Najuá, descreveu a emoção de estar resenciando a inauguração deste espaço.

“É um orgulho enorme de registrar o nome de meu pai nesta placa por uma causa tão nobre que é este trabalho com jovens em situação de vulnerabilidade. Eu estou me voluntariando no Centro da Juventude e pretendo aproximar mais pessoas para que também entrem nesta ação comigo. Esta conexão com o rádio e os outros meios de comunicação, pois no meio de hoje, com tanta informação, é preciso ter credibilidade, respeito e referência. Então, é dessa forma que eu vejo consagrado o nome do meu pai e do empreendimento que ele fez”, destacou Jussara.

Entre as autoridades que participaram da inauguração estão o deputado estadual, Artagão Junior; o vice-prefeito de Irati, Amilton Komnitski; o prefeito de Inácio Martins e presidente da Amcespar, Junior Benato, chefes regionais de núcleo e secretários municipais.


Veja Também