Diante da pandemia Secretaria de Esportes continua o trabalho seguindo os protocolos de saúde

A administração vem realizando atendimento domiciliar de atividades físicas para a terceira idade, vídeos aulas de educação física para as escolas municipais, além do desenvolvimento de novos projetos
Presença do público era constante em eventos no Estádio Municipal Moisés Lupion (Foto: Osmari Lopes / Jogo Rápido)

Desde março, com o agravamento da pandemia do coronavírus, os eventos esportivos foram pouco a pouco suspensos em cada cidade. Em Teixeira Soares, os campeonatos estão paralisados há três meses, sem previsão de data oficial de retorno. Assim que as atividades forem liberadas serão realizadas reuniões para a adequação do calendário de acordo com cada modalidade.

Mesmo sem campeonatos em andamento, a Secretaria de Esportes segue trabalhando administrativamente para melhorar as condições de lazer no município. “Estamos realizando atendimento domiciliar de atividades físicas para a terceira idade, realizando vídeos aulas de educação física para as escolas municipais, além de alguns novos projetos que estamos desenvolvendo”, conta o secretário de Esportes, Alyson Platini Xavier Przybysz de Souza.

Nesse período, houveram serviços importantes de construção e reforma nos espaços esportivos, como as melhorias no ginásio de esportes, campo municipal e a continuidade das obras dos campos de society na comunidade de São Joaquim, Centro e Mangueirinha. “No Estádio Moisés Lupion fizemos uma nova arquibancada e instalações. Assinei também a autorização para o início da licitação da nova quadra society da comunidade do alto da pedra”, completa Alyson.

Busca de alternativas

Atletas tem procurado, neste período, realizar atividades físicas sem contato, seguindo os protocolos de saúde para manter a forma. Em algumas cidades por exemplo, o New Fut é a nova moda entre os boleiros, com os jogadores de máscara competindo cada um dentro do seu espaço delimitado. Em Teixeira Soares a prática ainda não é feita, mas segundo Alyson, ela pode ser avaliada e realizada futuramente. “Vejo alguns na academia ou correndo ou pedalando. Estão fazendo o possível para não ficar completamente fora de forma. Todos temos que achar formas de praticar o esporte e essas soluções sempre serão bem-vindas desde que sejam feitas com responsabilidade”, conclui o secretário.


Veja Também