Governador autoriza obras do Hospital de São Mateus do Sul

Nova estrutura do hospital conta com o investimento de R$ 16,5 milhões com contrapartida da Prefeitura
Governador Ratinho Junior visitou novamente a região para a liberação de obras (Foto: AEN)

O governador Carlos Massa Ratinho Junior autorizou nesta quinta-feira (22) o início das obras do Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes, em São Mateus do Sul. A iniciativa é parte do programa estadual de regionalização da Saúde, que tem como objetivo construir centros de especialidades em diversas regiões do Estado.

O hospital tem 90 anos e a construção da nova estrutura possibilitará que a unidade se torne um hospital regional. O Governo do Estado destina R$ 16,5 milhões para a construção da unidade, que contará com 62 leitos (52 adultos e 10 infantis), salas de internação e espaços para cirurgias, exames de raio-x, tomografia, mamografia e ultrassonografia. Estão previstas, ainda, três enfermarias para pré-parto, parto e pós-parto, além de áreas para estrutura de apoio técnico e logístico, somando 3,5 mil metros quadrados de ampliações.

A região de atendimento do hospital é formada por cerca de 68 mil pessoas. A prefeitura entra com contrapartida de R$ 873,2 mil, totalizando investimento de R$ 17,4 milhões. A licitação da obra já foi realizada. A construtora deve começar a execução nos próximos 30 dias e terminar no final de 2020.

Ratinho Junior afirmou que a obra hospital de São Mateus do Sul é uma iniciativa estratégica, pois evitará que as pessoas façam deslocamentos para receber atendimentos mais complexos. “O objetivo do nosso Governo é fazer com que o serviço de Saúde fique mais próximo das pessoas. E São Mateus do Sul é uma demonstração desse planejamento, que tem atenção na qualidade do atendimento. Estamos fazendo toda uma programação para acabar com a saúde de ambulância. Precisamos de bons hospitais em diversas regiões do Estado”, afirmou o governador.

O prefeito de São Mateus do Sul, Luiz Adyr, disse que as obras serão fundamentais para encerrar uma demanda antiga da região. O hospital será construído em um terreno nas margens da BR-476, na saída para União da Vitória. “É importante para toda a região. O município repassou R$ 263 mil para que a gestão do hospital contratasse o projeto da obra e agora vai contribuir com mais 5% dos recursos para a execução”, afirmou. Ele ainda destacou que o Dr. Paulo Fortes foi prefeito da cidade e que as histórias do hospital e do município estão intimamente interligadas.

Segundo Elaine Márcia Paulista, presidente do Hospital e Maternidade, há muito tempo a população esperava por essa liberação de recursos. Ela ressaltou que a atual unidade, quase centenária, não tem mais condições de atender satisfatoriamente a população. “Os presidentes que me antecederam planejaram esse momento. O hospital nos serviu por 90 anos, mas a estrutura é muito antiga. A nova unidade é um sonho, esperávamos muito por isso”, disse.

Para o presidente da Câmara Dirigente dos Lojistas (CDL) de São Mateus do Sul, Márcio Luiz Staniszewski, o anúncio desta quinta-feira encerra um ciclo de reuniões em Curitiba entre lideranças políticas e a sociedade. “Todo o território do Vale do Iguaçu ganha com essa iniciativa, é um momento ímpar na nossa história”, comentou.


Veja Também