Homem confessa que agrediu a mulher e ateou fogo na casa

Crime aconteceu na sexta-feira (14), na Vila São João
(Foto: Jaqueline Lopes)

Foi preso no sábado (15), em Ponta Grossa, um homem de 52 anos, suspeito de agredir a mulher e atear fogo na casa em que eles moravam, na semana passada em Irati.

De acordo com a Polícia Militar, o homem confessou o crime para a cunhada, que o denunciou. O suspeito disse que estava bêbado no momento e brigou com a esposa, agredindo-a, depois que ela desmaiou colocou fogo na casa e fugiu.

Ele foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil e deve responder pelo crime de feminicídio.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML, e a perícia irá revelar como a mulher morreu, se foi pelas agressões ou por causa do incêndio.

CRIME

O crime aconteceu na madrugada de sexta-feira (14), quando a mulher foi encontrada carbonizada dentro de casa após um incêndio, no bairro Vila São João, em Irati.

Uma equipe da Guarda Municipal isolou o local até a chegada do Corpo de Bombeiros, que aconteceu por volta das 00h30. Quando chegaram a casa já estava tomada pelo fogo. A vítima foi encontrada em um dos quartos, após as chamas serem contidas.

Segundo informações dos bombeiros, na residência morava um casal. E no memento do crime, o homem não foi encontrado.

 


Veja Também