Jovem família de Rio Azul perde a casa em incêndio

Casal aguarda a chegada da primeira filha e está contando com a ajuda da população para recomeçar a vida
["Rafael e Vanessa est\u00e3o esperando Julia. Beb\u00ea j\u00e1 ganhou muitas roupas e fraldas"] (Foto: @devotcha)

Na segunda-feira (8), uma família da comunidade de Butiazal, no interior de Rio Azul, teve sua residência totalmente queimada. O casal, Rafael Machado e Vanessa de Carvalho, que está junto há três anos, espera pela filha Julia que deve chegar em duas semanas. Por enquanto, eles estão na casa dos pais de Vanessa e já têm recebido muita ajuda. O mais necessário, agora, é conseguir materiais de construção para levantar a casa novamente.

Na mesma propriedade em que mora o casal, residem os pais de Vanessa. Na tarde de segunda, todos haviam saído e foram avisados pelos vizinhos que o fogo estava atingindo a residência de Rafael e Vanessa. “A gente voltou de Rebouças, pensando que ia chegar aqui e poder apagar, que só tinha queimado alguma coisa. Mas, quando chegamos, o fogo já tinha tomado toda a casa e a única coisa que conseguimos salvar foi a garagem. É o que sobrou”, lamenta Rafael, que é fumicultor.

Resto da estrutura será demolida para iniciar a nova construção/ Foto: Devotcha 

 

Tudo que tinha dentro da casa foi destruído pelas chamas. “Perdemos as paredes, as coisas do nosso bebê, roupas nossas, só os documentos que não perdemos porque nós estávamos com eles no bolso. Mas o resto, não sobrou nada”, diz Machado. Vanessa também perdeu os livros da faculdade de Administração, que estava cursando no modo à distância. Eles acreditam que o incêndio iniciou por algum problema na geladeira pelas marcas que ficaram na parede.

“Já estava tudo encaminhado. A gente esperou três anos para eu engravidar. Trabalhamos junto, veio o fogo e levou tudo. É triste, agora já aconteceu e ninguém tem culpa”, lembra Vanessa.

GRANDE COLABORAÇÃO DA COMUNIDADE

Pouco tempo depois do acidente, a família já recebeu muitas doações. Eles estão surpreendidos com o que ganharam. Foram doadas muitas roupas para o bebê, algumas para eles, cestas básicas, fraldas e, também, um supermercado da cidade está ajudando o casal com vale refeição.

O que é mais necessário agora é a ajuda com materiais de construção. “A gente já ganhou um pouco de cimento, cal, areia, pedra, tijolos e telha, mas ainda falta muito pra gente poder começar a nova construção”, diz o fumicultor. Como toda a estrutura ficou comprometida, eles optaram por fazer a demolição total para começar a construir um novo lar.

ENXOVAL DO BEBÊ ESTÁ COMPLETO

Vanessa conta que recebeu muitas doações para o seu bebê. “Sinceramente, nem acreditei quando chegavam essas caixas com coisas para a Julia. Teve uma loja que se comoveu com nossa história e mandou peças novas. Ganhei bastante fralda também. No Provopar e na Pastoral da Criança, me ajudaram muito e, no decorrer do nascimento da criança, eles vão contribuir mais com a gente”.

No domingo (14), haverá um Chá de Bebê e de Cozinha para a Vanessa, promovido junto com um bingo beneficente em Rio Azul. Os dois eventos têm o intuito de a comunidade poder colaborar de alguma forma com a família.

“Agora, já aconteceu e vamos tentar reerguer as coisas de novo. Eu e o Rafael temos a eterna gratidão, nunca vamos poder retribuir, só Deus poderá”. Conforme o uso das roupas do bebê, o casal diz que vai doar o que ganhou para outras crianças.

COMO AJUDAR

Quem puder colaborar com materiais de construção, deve fazer contato com a família por meio dos seguintes telefones: (42) 99937-5471, 99907-8617 e 99956-8454.


Veja Também