Jovem piloto de Teixeira Soares é vice-campeão paranaense de Kart

Campeonato Paranaense contou com mais de 80 pilotos, disputando o título em 13 categorias
Valdemar Filho, Samuel Cruz e Hamilton Júnior formaram o pódio na categoria Junior (Foto: Reprodução)

Hamilton Acordi Júnior de Teixeira Soares foi vice-campeão paranaense de Kart na categoria Junior. O evento organizado pela Associação dos Kartistas de Campo Mourão (Akartcam), e supervisado pela Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA), foi realizado entre os dias 14 e 17 de novembro, no Kartódromo municipal, em Campo Mourão (PR). A corrida reuniu mais de 80 pilotos nas 13 categorias em disputa. É o primeiro grande título de Acordi na carreira.

Essa foi a primeira corrida considerada “grande” de Júnior, onde disputou com vários pilotos que já corriam desde os seis anos, nas categorias mirim e cadete. Para a vitória de Acordi, um dos principais fatores foi a qualidade da equipe que preparou um ótimo carro para as disputas. Nos dias das provas, a equipe já estava consciente e pode deixar o Kart em ótima condição. Hamilton foi conhecer a pista duas semanas antes da corrida, onde teve a oportunidade de treinar, sendo que, há pouco tempo, havia sido recapada e estava extremamente lisa.

“Agradeço muito aos meus pais, Hamilton Acordi e Marilene Cabral, que me incentivam e apoiam sempre, e aos meus mecânicos, que fizeram um trabalho absurdo, foi impressionante o quanto eles ficaram em cima do Kart, trabalharam muito mais do que eu”, destacou Júnior.

Incentivado por Edson Henrique Bueno (Fumacinha), Hamilton corre há dois anos com o Kart Mini, e treina em Irati, no Kartódromo Ildefonso Zanetti. A equipe é composta por três mecânicos: um de Irati, José Antonio Gnatkoski, e dois de Curitiba, Adalberto José dos Santos (Gordura) e Leonardo dos Santos (Fusca).

O estímulo dos pais também foi preponderante para que as vitórias viessem. Segundo contou Acordi, ele começou a correr para diminuir a fissura pelo celular e encontrou no kart uma paixão que foi apoiada pelos pais. Essa vitória tem um peso importante não só para Hamilton, mas também para a sociedade que conduz o Kartódromo de Irati. Alguns anos atrás, “Fumacinha”, também de Teixeira Soares se destacava, e hoje, a região volta a ter outro piloto em evidência, com apenas 14 anos.

“Eu tinha condição de ganhar esse paranaense, mas infelizmente, faltou um pouco de braço. Nessa etapa, estava o campeão brasileiro de Codasur, ele treina desde criança nesta pista, pilota extremamente bem, e foi o campeão paranaense. Mas teve uma hora que eu quase passei ele, foi muito legal”, frisou.

Segundo o mecânico José Antonio Gnatkoski (Zé Ferreiro), “Foi uma corrida puxada, treinamos em dois finais de semana, uma pista travada, com bastante trabalho para os mecânicos”, enfatizou.

Zé ferreiro é muito conhecido e admirado pelos kartistas da região, e a dois anos, trabalha com a família Acordi. O jovem, mesmo sendo de Teixeira Soares, representa a cidade de Irati, e Zé destaca a sua competência, “É um menino muito bom, dedicado, um piloto que quer tudo certinho, com ele não tem erro. Ele chega a segurar o kart para não bater, estragar ou rodar. O menino é muito correto, sem maldades, mentiras e com uma cabeça boa, é muito bom trabalhar com ele”, ressaltou.

Além da equipe e família, também há grandes amigos no suporte do piloto. Um deles é Antonio Chimim (Toninho do Kart), que desde o princípio ajudou na formação do kartista. Outro que sempre está presente é Gabriel Gnatkoski, que o acompanha nas viagens para as corridas fora de Irati.

As portas começam a se abrir com mais amplitude ao jovem piloto. A próxima etapa é disputar o campeonato catarinense que o credencia para voos mais altos. A corrida acontece entre os dias 05 e 08 de dezembro, no Kartódromo dos Ingleses, em Florianópolis (SC).

⬇ ⬇ ⬇ Confira algumas imagens da corrida aqui: ⬇ ⬇ ⬇


Veja Também