Mutirão de combate à dengue será realizado nesta sexta e sábado em Prudentópolis

Em 2019, a Secretaria de Saúde executou dois mutirões em maio e em novembro, sendo que em cada um foram recolhidas quatro toneladas de lixo. Na sexta-feira (24), a atividade acontece das 08h às 17h e no sábado (25) das 08h às 12h, toda a população é convidada para participar da ação.
A Secretaria de Saúde executou dois mutirões em maio e em novembro de 2019, sendo que em cada um foram recolhidas quatro toneladas de lixo (Foto: Assessoria – Prefeitura de Prudentópolis)

A Secretaria Municipal de Saúde, realiza periodicamente trabalhos de prevenção e orientação no combate ao vírus da dengue. No entanto, durante os períodos com altas temperaturas há uma atenção especial, nesta sexta-feira (24) e sábado (25) será realizado um mutirão de combate à doença. A ação será realizada nos bairros da cidade, para a atividade foram convocados todos os funcionários públicos, com exceção aos serviços essenciais que funcionarão normalmente.

Na sexta-feira (24), a atividade acontece das 08h às 17h e no sábado (25) das 08h às 12h. Os participantes serão divididos em duplas que atenderão alguns quarteirões, dentro da área delimitada pela organização. As duplas visitarão as residências verificando possíveis focos do mosquito e orientando a população sobre os cuidados de prevenção da doença. Em 2019, a Secretaria de Saúde executou dois mutirões em maio e em novembro, sendo que em cada um foram recolhidas quatro toneladas de lixo.

Até o momento foram confirmados dois casos, sendo um importado e um autóctone, além disso, cinco casos seguem em investigação. Segundo o último levantamento de índice rápido do aedes (LIRA) realizado pelos agentes de endemias da cidade, o indicador é de 4,9, referência considerada alta. “Percebemos que essas ações estão diminuindo o número de focos, pois esse número já esteve maior. Portanto é fundamental a conscientização da população com relação aos seus lixos, a participação nos mutirões, pois se cada um fizer sua parte nossa cidade ficará cada vez mais imune ao vírus”, relata Erica a enfermeira da vigilância epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Prudentópolis, Érica Moleta Bini

A dengue é uma doença sazonal, ou seja, com maior ocorrência nos períodos quentes e chuvosos propícios para a proliferação do mosquito Aededs aegypti, o transmissor da doença. O alto índice de infestação de mosquitos no Município e a circulação do vírus são fatores desencadeadores de um surto.

Sintomas e proteção

Os sintomas da doença incluem: febre, fortes dores no corpo, dor de cabeça, náuseas, vômitos, dor atrás dos olhos e em alguns casos exantema (vermelhidão da pele). Ao identificar esses sintomas deve-se procurar a unidade de saúde de referência para uma avaliação. Não deve ser realizada a automedicação visto que alguns medicamentos são contraindicados nos casos suspeitos de dengue.

A eliminação da dengue depende da conscientização e colaboração de toda a população. A medida mais eficaz é a eliminação dos criadouros com água parada, onde o mosquito deposita seus ovos que posteriormente irão se transformar em larvas e em mosquitos adultos. Outra medida de prevenção é o uso de repelentes.


Veja Também