Operação Lote de Ouro da Polícia Civil cumpre sete mandados em Imbituva

Ação foi desencadeada por fraude no procedimento de desapropriação de um imóvel que, segundo as investigações, rendeu um dano de R$ 500 mil
Polícia Civil realizou operação na manhã desta segunda (04) (Foto: PCPR)

Durante a manhã desta segunda-feira (04), a Polícia Civil de Imbituva deflagrou a Operação Lote de Ouro que resultou em três mandados de prisão temporária e quatro de busca e apreensão na Prefeitura de Imbituva. A investigação apontou uma fraude no procedimento de desapropriação de um imóvel para a construção de um centro de reabilitação na cidade. Estima-se que este caso trouxe um prejuízo de R$ 500 mil aos cofres públicos.

Os mandados de prisão foram determinados para dois servidores públicos – o procurador e um funcionário do fórum, e uma mulher que, segundo a Polícia, era dona de um terreno que estava sendo pago pelo município no processo de desapropriação, sendo beneficiada com a fraude. As residências das três pessoas presas também foram algo de buscas na investigação. Até o momento, a PC não divulgou a identidade dos envolvidos.

A investigação apurou que o terreno era da Prefeitura, mas foi vendido à senhora e, posteriormente, foi revendido novamente ao município. De acordo com o delegado Luis Gustavo Timossi, que está a frente da operação, as investigações começaram há cerca de dois meses. “Nós recebemos denúncias de que haveria fraude no procedimento de desapropriação do imóvel e que ele já seria da Prefeitura. Com base nisso, a Polícia começou a levantar informações sobre este caso e acabou chegando à conclusão de que havia mesmo irregularidades”.

Segundo Timossi, existiam indícios que os servidores praticaram crimes de falsidade ideológica, falsa perícia, associação criminosa, entre outros. A operação teve o apoio da Divisão de Combate a Corrupção de Curitiba (DCCO) e de policiais civis da 13° SDP de Ponta Grossa.

PREFEITURA

A reportagem da Folha de Irati entrou em contato com a Prefeitura de Imbituva e a assessoria de imprensa informou que o município está providenciando uma nota de esclarecimento e que, até o fim da tarde, enviará aos veículos de comunicação sobre os fatos deste caso.  


Veja Também