Páscoa sem surpresa

Comer um pouco mais não é problema, porém é preciso cuidar com o exagero
["Deixar o chocolate para depois das refei\u00e7\u00f5es \u00e9 a melhor op\u00e7\u00e3o para n\u00e3o atrapalhar alimenta\u00e7\u00e3o"] (Foto: Reprodução)

A chegada da festa mais doce do calendário, a Páscoa, significa muito chocolate à mesa, tanto para crianças quanto para adultos. Veja algumas dicas para comer as delícias nesta época sem culpa:

VÁ DE AMARGO OU AO LEITE

Após os dois anos de idade, não há contraindicação em consumir chocolate. O campeão da Páscoa, o ao leite, tem 25% de cacau – que contém flavonóides, que ajudam a prevenir o câncer e a diminuir o colesterol ruim. Tem cerca de 160 calorias em 30 gramas. Se a busca pela saúde ultrapassa o paladar, o amargo com mais de 50% de cacau é a melhor opção: mais flavonoides, além de magnésio e potássio. O chocolate branco tem apenas gordura hidrogenada e açúcar, e não possui propriedades benéficas vindas da semente de cacau.

SÓ DEPOIS DAS REFEIÇÕES

Prefira deixar o chocolate para depois das refeições, seja almoço, jantar ou lanchinho da tarde. Comendo antes há o risco de a alimentação correta ser deixada de lado, perdendo de ingerir importantes nutrientes. E você acaba comendo mais do que deve.

SIM, ELES TÊM RÓTULO

Confira a porcentagem de gordura nos ovos e procure os de menores níveis e sem gordura trans. Lights e diets podem ter mais sódio, que aumenta o colesterol ruim. Combinar excesso de chocolate com as colombas pascais é uma furada: em apenas uma fatia estão 23% das gorduras totais diárias recomendadas. Outra bomba são os ovos para comer de colher e os recheados – 25 gramas somam 12% das gorduras diárias no primeiro e 22% no segundo.

A PORÇÃO CERTA

Ao longo do ano, dois quadradinhos para os adultos e um para os pequenos é o ideal. Durante a Páscoa dá para extrapolar um pouco, mas sem fugir ao controle. Exagerar pode causar dor de estômago e diarreia. O ideal é deixar as porções de chocolate já separadas.

LONGE DO ALCANCE

Se segurar para não comer o ovo inteiro parece impossível. Por isso, guarde-o longe da vista, para que a vontade não ataque no horário mais impróprio. O local não pode ser exposto à luz solar e deve ser fresco e sem umidade, para o chocolate não derreter ou endurecer.


Veja Também