Pavimentação da estrada entre Irati a São Mateus do Sul está em andamento

Construtora pretende, até o final de fevereiro, lançar a primeira capa de asfalto
Construtora trabalha com a drenagem e colocação do subleito, próximo ao Faxinal dos Francos (Foto: Jaqueline Lopes)

Depois de 50 anos de espera pelos moradores, a obra na PR-364, entre Irati a São Mateus do Sul, está em andamento. São quase 12 meses de execução e a Construtora Triunfo, responsável pela pavimentação, já realizou 12 quilômetros de terraplanagem, que começou por Irati.

De acordo com Ramirez Colodel Pereira, engenheiro civil do DER/PR e gerente de contrato da obra, além da terraplanagem no primeiro trecho, foram realizados os serviços de drenagem, que envolve os bueiros e drenagem subterrânea. Também, já iniciaram a colocação de subleito – primeira camada de pavimento, nas proximidades de Irati. Ainda, a construtora trabalha com a instalação de bueiros após o Faxinal do Fracos.

A ideia da empresa é até março executar três quilômetros, por mês, de pavimento. Já no final de fevereiro, a Triunfo pretende lançar a primeira capa, que é o asfalto propriamente dito.

Para a moradora do Faxinal dos Vieiras, na PR-364, Maria Lídia Sabin, é um sonho ver a obra realmente em andamento. “Estamos ansiosos, não estamos acreditando, porque são muitos anos esperando, e até que enfim, hoje, está saindo do papel”. Ela também destaca a importância para a comunidade. “Vai melhorar muito o transporte, para a agricultura vai ajudar muito porque antes não tínhamos estrada boa, era difícil. Isso vai ajudar muito os produtores”.

DIFICULDADES

Já nas primeiras escavações a construtora teve problemas com o solo da região, o que dificultou o andamento da obra. “A maior parte do solo encontrado é improprio para confecção de aterro e camada final de terraplanagem. Tivemos bastante dificuldades neste sentido, material bastante expansivo, uma umidade grande, alguns que são inservíveis que precisaram ser jogados fora, alguns foram tratados. Estes foram os impasses neste início”, disse Ramires.

PRÓXIMO PASSO

Agora, segundo o DER, a Triunfo deve começar a fazer o pavimento. “A ideia da empresa é, a partir do final de fevereiro, colocar a primeira camada de asfalto, e executar três quilômetros por mês. Então, a cada mês, é para termos três quilômetros pavimentados”, disse Ramirez.

APREENSÃO

Há duas semanas, alguns caminhões da Construtora Triunfo foram apreendidos, devido a uma ação judicial. Porém, segundo o do DER, as obras seguiram o cronograma. “É lógico que impactou na execução, mas eles não paralisaram todos os serviços. Desses caminhões que saíram a Triunfo já trouxe, nesta semana, seis e, até o fim de semana, a construtora pretender repor todo o resto. Não teve um grande impacto porque outros serviços continuaram”, comenta o engenheiro civil.

Quando aconteceu o ocorrido, o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, se pronunciou em vídeo sobre o assunto. “Respondendo alguns questionamentos que foram feitos no dia de hoje a respeito da PR-364, não há qualquer paralisação na obra. Estamos com o cronograma mantido e em execução por parte da Construtora Triunfo. Inclusive prevendo a finalização de três quilômetros por mês”.

A OBRA

Os serviços de pavimentação da PR-364 começaram em março de 2019. Ao todo, serão 49 quilômetros pavimentados. Também está prevista a construção de uma nova ponte sobre o Rio Turvo, que terá 14 metros de extensão com acostamento e calçada.

Conforme já anunciado, haverá também uma mudança no trajeto da rodovia onde fica o bairro Riozinho. O projeto terá uma extensão de 1300 metros, que se finda na futura interseção em desnível que fará a ligação da PR-364 a BR-153.

Para que a obra possa seguir o projeto no que diz respeito ao seu novo traçado, será necessária a desapropriação de algumas áreas, e o DER/PR já iniciou o processo com os proprietários das áreas envolvidas.


Veja Também