Prudentópolis e Ternopil se tornam cidades irmãs em acordo

Iniciativa de cooperação vai proporcionar relações turísticas, culturais e empresariais

 

Na noite de quarta-feira (06), o prefeito de Prudentópolis, Adelmo Klosowski, e o prefeito de Ternopil, da Ucrânia, Serhiy Nadal, junto do governador do Paraná em exercício, Darci Piana, assinaram o acordo internacional de cooperação entre as cidades. A solenidade aconteceu no Clube XII de Novembro e marca o início de parceira nas relações comerciais, históricas, turísticas e culturais.

Uma comitiva da cidade de Ternopil esteve em Prudentópolis para conhecer a cidade que possui 75% da sua população descendente de ucranianos. Na quarta (07), antes da cerimônia do acordo oficial, o grupo participou de reuniões com o Executivo e visitou alguns pontos turísticos do município. Mas o momento mais esperado aconteceu à noite, quando o governador em exercício, Darci Piana, se juntou aos prefeitos, à comitiva ucraniana e toda a comunidade para oficializar a irmandade das duas cidades.

“Além de uma assinatura simples, nós temos, por atrás disso, uma história extraordinária dessa gente que veio há quase dois séculos ajudar nosso Estado a crescer e evoluir. Nosso governador, Carlos Massa Ratinho Junior, está nos Estados Unidos para fazer acordos a fim de melhorar o nosso relacionamento e ampliar a capacidade de modernização do Paraná. E, como a Ucrânia tem crescido, servirá de suporte para ajudar esta região e o Estado a crescer mais”, disse Piana. Ele destaca também que tem certeza de que as tradições da cultura, turismo e negócios que virão não são fundamentais só para o Estado, mas, principalmente, para as pessoas descendentes que moram na região, e para aqueles que não conhecem o Brasil e o Paraná.

Klosowski, anfitrião da solenidade, resumiu que o acordo significa “tudo de bom” para Prudentópolis. “Tudo de bom na cultura, no turismo, na troca de tecnologia de informações e no intercâmbio estudantil, por exemplo. A maioria dos descendentes da nossa cidade veio da região de Ternopil. Esse termo de cooperação foi assinado com aval do governo do Estado, que se comprometeu em avalizar o acordo e, com certeza, nós vamos colher muitos frutos”, salientou o prefeito de Prudentópolis.

Serhiy Nadal, representante de Ternopil, comentou que a finalidade principal da visita deles a Prudentópolis foi de possibilitar e formalizar a cooperação entre as cidades, nas áreas de cultura, turismo e empresarial. “Um dia só na cidade foi muito pouco para fazer uma avaliação do que mais temos semelhança. Mas hoje em dia, com as tecnologias, é possível continuar este diálogo e interesse despertado. Esperamos que, daqui pra frente, a gente intensifique este intercâmbio de informações e nos conheçamos mais para que possamos encontrar outros pontos em comum do que só a população e a cultura ucraniana”, destacou ele, por meio do cônsul honorário e tradutor, Mariano Czaikowski.

CONFIRA NO VÍDEO:

Agora, é com o empresariado

Com o acordo feito, Klosowski ressalta que a próxima etapa é justamente a entrada efetiva dos empresários. “Já temos cinco que estão visitando nossas indústrias. Mas para a gente fazer acontecer, as coisas podem iniciar pelo turismo. Ternopil é o lugar onde abriga o maior número de castelos do passado e, por isso, é uma cidade turística. Nós também queremos fazer intercâmbio com o nosso turismo daqui”.

Darci Piana também fala que o empresariado precisa fazer o seu papel. “Precisamos de investidores de lá virem para cá e daqui para lá. Cabe a nós buscarmos aquilo que não temos também lá fora para beneficiar e melhorar o padrão de vida do nosso povo”.

Turismo em alta

A campanha de início do governo do Estado foi focada no turismo paranaense. “Exemplo disso é que a primeira publicidade nossa foi sobre o turismo porque esta é a indústria mais fácil e barata para aumentar a capacidade de mão de obra. E este é o caminho que estamos seguindo”, explicou o governador em exercício, relatando que Prudentópolis faz parte deste projeto, pois o foco é que o Paraná receba mais turistas.


Veja Também