Segunda Via Sacra na Serra da Esperança reúne cerca de 350 fiéis

Mesmo com a chuva, romeiros participaram da subida de seis quilômetros, relembrando os últimos passos de Jesus
["Mesmo abaixo de chuva, 350 romeiros participaram da segunda Via Sacra da Esperan\u00e7a, em Rio Azul "] (Foto: Reprodução)

No último domingo (7), aconteceu em Rio Azul, a segunda Via Sacra na Serra da Esperança. Mesmo abaixo de chuva, cerca de 350 pessoas da região participaram da caminhada, que começou às 8h, saindo da residência dos Golbinski, na localidade de Faxinal dos Limas.

Foram percorridos seis quilômetros a pé, de moto ou cavalo, e rezadas nas 14 estações do caminho, relembrando o calvário de Jesus Cristo, desde a condenação à morte até o sepultamento. Rezando em procissão e refletindo durante a subida as demais estações que marcam a dor e o sofrimento que Jesus teve em seus últimos momentos de vida para livrar do pecado.

Às 8h30 foi iniciada a Via Sacra com a benção da primeira estação, que foi construída em um esforço conjunto de várias pessoas que doaram materiais e seu trabalho na construção. As pessoas que queiram apadrinhar as próximas estações, podem entrar em contato com membros do grupo de oração Nossa Senhora Auxiliadora daquela comunidade.

A caminhada foi feita com um som improvisado em um trator traçado, que foi o único meio de locomoção automotor naquelas condições. À frente dos romeiros, vinha a cruz símbolo deste ato de fé, para conduzir a procissão.

A cruz foi trazida do alto da serra e ficou exposta na Igreja Matriz desde o início da quaresma. Foi carregada pelo povo desde o início da Via Crucis até ser afixada novamente ao lado da gruta, que fica no cume da serra.

Após o final da Via Sacra, próximo às 12h30, em frente à gruta, na décima quarta estação, foram queimados os pedidos de oração, um sinal de que através da fumaça, as orações chegarão ao céu e Deus acolherá estes pedidos feitos humildemente por seus filhos. Ao final do evento, o povo novamente compartilhou entre os irmãos presentes o almoço que cada um levou.

A organização, em nota, agradece todos que participaram e ajudaram de alguma forma para a realização da Segunda Via Sacra na Serra da Esperança.

“Fica aqui o nosso agradecimento a cada pessoa que deixou o seu lar neste domingo com todas as dificuldades encontradas pelo caminho, que estas dificuldades sejam a nossa penitência dos erros cometidos perante o Pai. Agradecemos ainda aos Padres Alexandre e Dionísio por todo o apoio e acompanhamento da Via Sacra. Agradecemos também a Rádio Thalento FM por seu apoio na divulgação. Ao senhor Mário e a dona Cida por, mais uma vez, abrirem as portas de sua casa a este momento de fé. Também aos demais colaboradores que nos ajudaram no café da manhã que foi servido gratuitamente, aos socorristas e o transporte das pessoas da cidade até o local de início, e também, aos que colaboraram para a construção da primeira estação. Deus lhes pague!”.


Veja Também