Sistema Fiep articula soluções e orienta indústrias durante crise do coronavírus

Indústria de alimentos está entre as atividades essenciais que devem continuar operando

(Crédito da foto: Gelson Bampi/Sistema Fiep)

 

Desde o início da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus/Covid-19, o Sistema Fiep tem se mobilizado para auxiliar a indústria paranaense. Além de orientações sobre ações que podem ser adotadas pelas empresas, a entidade vem dialogando com o poder público para buscar soluções que garantam a sequência das atividades industriais e minimizem os impactos para o setor. Internamente, também adotou medidas para preservar a saúde se seus alunos, clientes e colaboradores.

 

“É fundamental que cada cidadão ou empresa faça sua parte para colaborar com os esforços para a contenção da pandemia e preservação da saúde”, afirma o presidente do Sistema Fiep, Carlos Valter Martins Pedro. “Mas também são necessárias medidas que minimizem o impacto econômico, garantindo a sobrevivência das empresas e a manutenção dos empregos”, acrescenta.

 

Por isso, a entidade buscou articulação com o governo estadual para discutir medidas que possam aliviar as consequências para as empresas. Entre elas, pediu a prorrogação dos prazos para recolhimento de tributos, além de ações que permitam que cadeias produtivas continuem funcionando, principalmente as essenciais, como a de alimentos, produtos de higiene e limpeza, medicamentos e equipamentos de saúde, entre outras.

 

O corpo técnico do Sistema Fiep também vem produzindo informativos com orientações sobre medidas que podem ser adotadas pelas indústrias. Elas estão ligadas tanto a ações de prevenção ao coronavírus quanto a alternativas de gestão. Também estão sendo informadas medidas que vêm sendo implantadas pelos governos.

 

Medidas internas – O Sistema Fiep também está fazendo sua parte para colaborar com a contenção da pandemia. As aulas presenciais nas Faculdades da Indústria, cursos técnicos e profissionalizantes do Senai , educação executiva do IEL e ensino infantil, fundamental e médio do Colégio Sesi foram suspensas. O atendimento presencial para outros serviços também foi cancelado em todas as unidades do Paraná, que permanecem apenas com atendimento remoto.

 

Para dúvidas de indústrias sobre o coronavírus, o Sesi disponibiliza uma Central de Saúde pelo WhatsApp (41) 99602-6727. Informações sobre cursos do Senai podem ser obtidas no 0800 648 0088 e, sobre serviços de Tecnologia e Inovação, pelo Whats (41) 98850-9653. Já os informativos estão disponíveis em fiepr.org.br.

 

 


Veja Também