TCE conclui conferência das obras paralisadas

["Obra do Gin\u00e1sio de Esportes encontra-se judicializada"] (Foto: Assessoria PMI )

Entre os dias 08 a 11/04/2019, auditores do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) estiveram realizando a conferência de diversas obras do município de Irati, as quais constavam como paralisadas no sistema do TCE-PR.

Das 34 obras inicialmente consideradas paralisadas e que foram auditadas, 15 delas foram concluídas na atual gestão:

 

1 - Centro de Esportes Unificados (Praça do CEU), no conjunto Joaquim Zarpelon;
2 - Praça dos Esportes e da Cultura (Praça PEC), no conjunto Joaquim Zarpelon;
3 - Pavimentação da Rua Alexandre Pavelski, no Alto da Glória;
4 - Pavimentação da Rua Jornalista José da Silva, no Bairro Stroparo;
5 - Canal Hídrico do Arroio dos Pereiras, no centro;
6 - Pavimentação com pedras irregulares em Governador Ribas;
7 - Readequação da estrada de Faxinal dos Mellos;
8 - Quadras poliesportivas: Santo Antônio, Praça Etelvina Andrade Gomes e Vila Nova;
9 - Retomada da nova Prefeitura de Irati, para atual acomodação da Guarda Municipal e Iratran;
10 - Barracões pré-moldados na Vila São João para reciclagem, atualmente no Jardim Aeroporto;
11 - Pavimentação nas ruas das Acácias, Daniel Moreira e Caetano Zarpelon;
12 - Obras de contenção e drenagem nas ruas Jornalista José da Silva, Rio das Antas e Rua Miguel Bay;
13 - Barracão no Cento de Tradições Willy Laars;
14 - Pontos de ônibus em concreto, em diversos locais do interior;
15 - Pavimentação na Rua Camacuã e ruas internas do Centro de Tradições Willy Laars;

Além das 15 concluídas, a obra da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h, que estava paralisada e também foi auditada, já está em fase de conclusão para entrega final à comunidade.

Ao final do trabalho presencial dos auditores na Prefeitura, foram consideradas paralisadas nove obras pelo TCE - PR.

Seis delas (revitalização da Casa da Cultura, Centro Cultural do Guamirim, pavimentação no Guamirim, pavimentação no Bairro Camacuã, pavimentação nas ruas Pacífico Borges e Ametista e pavimentação da Avenida Getúlio Vargas) estão sendo relicitadas pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Planejamento e da Secretaria Municipal de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo.

Outras duas (creche no bairro Dallegrave e creche no bairro Rio Bonito) estão com pendências para rescisão contratual, e uma (Ginásio de Esportes) encontra-se judicializada, aguardando conclusão de perícia técnica solicitada pela Prefeitura de Irati.

Dentre as nove obras consideradas paralisadas, uma delas será escolhida e analisada minuciosamente nas próximas semanas pelo TCE - PR.

Obra da nova Prefeitura foi retomada e será utilizada pela Guarda Municipal/ Foto: Assessoria PMI

A atual gestão municipal é a principal interessada em auditorias de órgãos fiscalizadores, que contribuem com a transparência dos trabalhos técnicos e com a conclusão das obras paralisadas, gerando benefício real à população iratiense.


Veja Também