URGENTE: Bolsonaro faz coletiva nesta terça para PRORROGAR auxílio emergencial

Segundo informações da Secretaria de Comunicação da Presidência, o anúncio da cerimônia etá marcada para as 16 horas desta terça-feira (30).

Nesta terça-feira, 30 de junho, o presidente Jair Bolsonaro prorroga o auxílio emergencial para ajudar os trabalhadores sem carteira assinada, autônomos, MEIs e desempregados durante a crise gerada pela pandemia do coronavírus.

Segundo informações da Secretaria de Comunicação da Presidência, o anúncio da cerimônia etá marcada para as 16 horas desta terça-feira (30). Apesar de Bolsonaro ter comentado que o auxílio seria prorrogado “provavelmente” em mais três parcelas decrescentes (de R$ 500, R$ 400 e R$ 300), membros do Ministério da Economia ainda avaliavam os cenários possíveis e suas implicações com a decisão.

Contas

De acordo com fontes do Palácio do Planalto, além das contas que precisam se encaixar dentro do orçamento, um fator político também se levar em conta: não criar atritos com o Congresso, conforme informado pela Coluna de Carla Araújo, do UOL.

Por diversas vezes o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, defende mais duas parcelas de R$ 600.

O auxílio emergencial de R$600 foi criado em abril e o prazo para solicitação das 3 parcelas acaba quinta-feira, 02 de julho. Tanto Bolsonaro como o ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmaram que “a União não aguenta” mais duas parcelas de R$ 600.

De acordo com informações do governo, o pagamento de cada parcela de R$ 600 custa em torno de R$ 50 bilhões por mês para os cofres da União. Todos os instrumentos jurídicos necessários para regulamentar a extensão do auxílio foram estudados.

CAIXA libera hoje 4 pagamentos diferentes do auxílio emergencial de R$600

Nesta terça-feira, 30 de junho, a Caixa Econômica Federal realiza nada menos que quatro pagamento diferentes do auxílio emergencial da 1ª, 2ª, 3ª parcelas (sendo um para cadastrados no Bolsa Família e outro para os demais). Os aniversariante de março e abril receberão o depósito hoje.

Apenas os cadastrados no Bolsa Família poderão sacar em espécie o dinheiro. Os demais beneficiários do auxílio emergencial, até então, só podem movimentar os valores através do aplicativo Caixa Tem (Android e iOS), que permite pagamento de contas e boletos e compras por meio de cartão virtual.


Veja Também