4ª Regional de Saúde explica a divergência de dados nos boletins do Covid-19

Sesa não divulgará pacientes com sintomas gripais, como estava relatando anteriormente

A 4ª regional de Saúde de Irati emitiu uma nota esclarecendo sobre a divergência de dados que acontece em relação ao boletim do Covid-19 da Secretaria Estadual do Paraná (Sesa), como forma de informar corretamente a população.

De acordo com a nota, desde o dia 27 de março a Sesa passou a divulgar apenas os casos suspeitos que tiveram amostras coletadas e processadas pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen) e para os demais laboratórios que realizam as análises.

Com isso, houve diminuição dos casos em investigação no boletim da Secretaria Estadual, divulgado no dia 26 de março, em que Irati, por exemplo, apresentava 28 suspeitos, e no outro boletim eram apenas dois casos em investigação. Esta alteração se dá devido a portaria do Ministério da Saúde, a qual declarou, administrativamente, a transmissão comunitária em território nacional, por isso, eram divulgados todos os casos de pacientes com sintomas de Síndrome Gripal leve. Desta forma, a diferença de dados se dá pela fonte de retirada de dados.

Agora, não serão mais contabilizados no boletim da Sesa os pacientes notificados com a síndrome gripal, porém, os mesmos estão em isolamento domiciliar, sendo acompanhados e monitorados da evolução ou não dos sintomas do coronavírus.

Em nota, a 4ª regional também esclarece que “em pandemias e epidemias, os dados são sempre preliminares, pois os protocolos e critérios epidemiológicos são atualizados quase que diariamente pelos Órgãos de Saúde”.