DER/PR se posiciona sobre encerramento de contrato com a Caminhos do Paraná

Após o encerramento, usuários deverão utilizar o número 0800-400-0404 para atendimentos nas rodovias

Jaqueline Lopes e Assessoria DER/PR

Após a Caminhos do Paraná informar que vai encerrar todos os serviços de atendimento ao usuário, às 23h59 do dia 31 de março, em nota, o DER/PR comunicou que o encerramento do contrato já estava previsto, e o órgão já licitou e contratou os serviços de operação de tráfego rodoviário contemplando o lote 4 do antigo anel de integração, que abrange a região.

Desta forma, as rodovias não ficarão sem o atendimento e serviços. A partir do dia 1º de abril, os usuários deverão utilizar o número 0800-400-0404 em casos de acidentes, pane, quedas de carga, animais na pista, materiais na pista, buraco no pavimento, entre outros. O telefone é válido para todas as regiões do Estado e completamente gratuito.

Confira a nota na integra:

“Informamos que o encerramento dos serviços da concessionária estava previsto, tendo o DER/PR já licitado e contratado os serviços de operação de tráfego rodoviário contemplando o lote 4 do antigo anel de integração.

Isso vai garantir a presença de guincho mecânico, inspeção de tráfego, apoio ao Corpo de Bombeiros e atendimento a incidentes com animais soltos na pista em todas as rodovias estaduais e federais que antes eram concedidas à iniciativa privada.

Usuários deverão utilizar o número 0800-400-0404 em casos de acidentes, pane, quedas de carga, animais na pista, materiais na pista, buraco no pavimento, entre outros. O telefone é válido para todas as regiões do Estado e completamente gratuito. As chamadas serão recebidas pelo Centro de Operações Integradas (COI) do DER/PR, que conta com uma equipe treinada para prestar o apoio necessário, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive em feriados.

Com isso, o DER/PR passa a oferecer os serviços em todas as rodovias dos antigos lotes 2 (Viapar), lote 3 (EcoCataratas), lote 4 (Caminhos do Paraná), lote 5 (Rodonorte) e lote 6 (Ecovia). No caso do lote 1, a concessionária permanece realizando os atendimentos, graças a um acordo judicial firmado com o DER/PR”.