Governo libera 437 moradias para municípios da região

Irati, Imbituva, Prudentópolis, Rio Azul e Rebouças foram beneficiadas, por meio de programas de habitação, como Família Parananese e Habita Paraná

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior confirmou, na quarta-feira (09) mais 437 casas populares para moradores de cinco municípios da região Centro-Sul do Estado. São imóveis financiados, casas repassadas gratuitamente a famílias de baixa renda e condomínios para pessoas idosas. Mais 28 cidades foram beneficiadas em um investimento total de R$ 118 milhões, com recursos do Tesouro Estadual, por meio do programa Habita Paraná, e de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“É uma iniciativa social do Estado para atender quase 1,5 mil famílias do Paraná. Nosso compromisso é atender as pessoas que sonham com a casa própria”, afirmou o governador. Ele destacou que os projetos na área da habitação também contemplam a regularização fundiária, que já atendeu mais de mil famílias neste ano. “É todo um pacote com um olhar social para atender as pessoas que mais precisam. São várias categorias, conforme a renda da pessoa”, disse.

“Um dos programas é para atender os idosos, que já não conseguem mais financiamento por estarem com seus 60, 70 ou 80 anos e banco já não dá mais crédito”, explicou. “Precisamos cuidar dessa população com a construção de políticas para os idosos, incluindo condomínios residenciais exclusivos para essa faixa etária”, ressaltou Ratinho Junior.

Moradias para cada município

O município de Irati receberá 40 unidades habitacionais pelo Programa Habita Paraná – Viver Mais, o Condomínio do Idoso. Nesta mesma categoria, Prudentópolis também recebe 40 casas, mais 25 pelo Financiamento e 89 pelo Família Paranaense. “Prudentópolis será um dos primeiros municípios a receber o empreendimento do Condomínio do Idoso, por exemplo. A política para os idosos é prioritária, e agora nossa cidade vai abrigar um dos primeiros projetos dessa categoria”, comemora o prefeito Adelmo Klosowki. No total, seu município está recebendo 154 novas moradias.

Também pelo programa Família Paranaense, que assiste famílias em situação de vulnerabilidade social, o município de Imbituva conquistou 177 casas. Já, Rio Azul e Rebouças entraram na modalidade Habita Paraná – Financiamento. O prefeito de Rio Azul, Rodrigo Solda, explica que investir em infraestrutura é dar qualidade de vida às famílias. “Onde serão construídas as 34 unidades para famílias carentes, foi liberado um recurso de R$ 1 milhão para asfaltar este local que receberá as casas. A gente sabe que este é o melhor tipo de obra que o governo pode fazer pela população que é a conquista da casa própria”, destacou Solda. Rebouças recebeu 32 unidades.

O secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, relata que o objetivo é contribuir com a redução da pobreza e desigualdade social. “Estamos promovendo o desenvolvimento e a emancipação das famílias que vivem em situação de vulnerabilidade e risco social, pois são as que mais precisam do poder público para superar suas dificuldades”, afirmou Leprevost.