Governo suspende retorno das aulas da rede estadual

Volta estava prevista para o dia 1º de março, e agora deve acontecer depois do dia 8

Nesta sexta-feira (26), o governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou novas medidas de restrição para o Paraná incluindo a suspensão das aulas estaduais em escolas estaduais, públicas e privadas, inclusive nas escolas conveniadas com o Estado, cursos técnicos e em universidades públicas e privadas.

Desta forma, o retorno presencial previsto para a segunda-feira (1º) foi suspenso e deve acontecer após a dia 8, data em que encerra o novo decreto do Estado, porém será analisada a situação da Covid-19 no Paraná.

Na região de Irati, dos 18.154 alunos, em nove municípios, 8.284 devem voltar de maneira escalonada, 6.955 continuam no modelo remoto e os estudantes que não tem acesso à tecnologia, são da educação de campo ou que possuem comorbidades, cerca de 2.602, terão o material impresso para o trabalho pedagógico. Todos devem aguardar a liberação do retorno das atividades presenciais.

Para o retorno, as escolas já receberam termômetros com sensor de infravermelho digital aferir a temperatura dos alunos e funcionários antes de entrarem na escola, máscaras, álcool gel, terá o distanciamento de 1,5 metros entre os estudantes dentro da sala de aula, em que as carteiras foram colocadas faixas para não haver aproximação. Para iniciar as aulas neste formato, foram seguidas as normas da SESA e entregues cartilhas nas escolas com condições necessárias e suficientes para realizar o trabalho.