PRF de Irati apreende cigarros e essências de narguilé

Produtos são de origem estrangeira foram apreendidos na BR-377

Na terça-feira (4), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Irati apreendeu 315 pacotes de cigarros e 462 de essências de narguilé (cada um contém dez essências) e 12 garrafas de whisky Red Label, todos os produtos são de origem estrangeira. Ações aconteceram em duas ocorrências diferentes.

A apreensão dos cigarros foi no km 245, da BR-377, quando o ônibus de Scania, que fazia a linha Foz do Iguaçu-Curitiba, foi abordado. Na fiscalização do compartimento de carga foi constatado que os cigarros tinham origem estrangeira, proveniente, em tese, de descaminho.

Foi verificado a numeração presente nos volumes e identificado os passageiros proprietários/portadores da mercadoria. Questionados, alegaram que se conhecem e receberam de um indivíduo de Foz do Iguaçu, uma quantia para transportar as mercadorias até o município de Curitiba. Cada passageiro se responsabilizou por 105 pacotes de cigarro.

Os pacotes foram encaminhados à Receita Federal e os passageiros liberados após a qualificação e cientificados que a documentação segue para Polícia Federal para demais providências.

Já a apreensão dos narguilés, aconteceu em Fernandes Pinheiro, no km 231, da BR-277, quando uma equipe da PRF da UOP Irati realizava a ronda ostensiva, e abordou o veículo Renaut Kangoo, com placas de Curitiba, que seguia sentido interior – capital. Durante a fiscalização, a equipe da PRF observou grande quantidade de pacotes de essências de narguilé no compartimento de carga do veículo. Questionado o condutor, de 59 anos, afirmou que os produtos são provenientes do Paraguai e, portanto, fruto, em tese, de descaminho. Alegou que é o proprietário da mercadoria e que iria vendê-la em Curitiba.

O veículo foi retido para ser encaminhado, junto com a mercadoria, à Receita Federal e os ocupantes liberados após qualificados e cientificados que a documentação segue para Polícia Federal para demais providências.