Associação dos Municípios do Paraná realiza reunião com prefeitos da Amcespar

O governo pretende mostrar o potencial da região

Redação

Na quinta-feira (26), a Associação dos Municípios do Paraná (AMP) realizou uma reunião com os prefeitos da Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná (Amcespar) para tratar das ações do Governo do Estado, investimentos na região e projetos da AMP em benefício dos municípios, entre outros assuntos. O evento foi sediado em Irati, na sede da Amcespar.
Entre as questões em destaque na reunião, estava a demanda de projetos das prefeituras que visam trazer à tona as necessidades dos municípios. Quanto a isso, Darci Piana, vice-governador do Paraná, comentou que “quem tem projeto na mão arruma dinheiro para executá-lo”. Além disso, a reunião teve como propósito mostrar as potencialidades dos municípios para que se possa fazer mais investimentos na região e atrair mais empresas, visando o desenvolvimento regional.
Piana ainda frisou que o Governo do Estado está preparando o Paraná para os próximos anos. “Quando todos trabalham num único sentido, vamos mais longe e com menos custo. Precisamos evitar gastos de recursos em projetos que não estão bem elaborados”, comenta. Darci ainda deu um panorama de como está se dando o progresso do Paraná.
Segundo o presidente da Amcespar e prefeito de Inácio Martins, Junior Benato, o governo do Paraná tem olhado com mais atenção para a região. Para ele, é muito importante trazer a AMP para dentro da Associação.
“A nossa região está sendo vista com bons olhos e, assim, as pautas de reivindicação são pontuadas e começam a ser atendidas. Como, por exemplo, a sinalização de que haverá a implantação do IML, a mudança do subgrupamento para grupamento dos bombeiros, o aumento do transporte escolar, o auxílio para a manutenção da Patrulha Rural e o processo de industrialização e desenvolvimento da região”, aponta o presidente da Amcespar.
Para Benato, essa atenção do Governador e do Vice Governador demonstra a vontade de incluir a região para que também seja protagonista do desenvolvimento no estado.
No decorrer da reunião, o diretor da CNM (Confederação Nacional dos Municípios), Joarez Henrichs, ouviu as demandas que os prefeitos apresentaram. Conforme Benato, entre as pautas levantadas, a maior dor dos prefeitos é relacionada ao transporte escolar, porque existe uma dualidade no que cabe ao município custear e no que cabe ao Governo. “O município está portando muito mais dinheiro e, às vezes, com menos alunos. Então, o Estado tem que olhar que o que cabe a rede estadual tem que vir, pelo menos, na mesma contrapartida do que o município coloca”. Para o prefeito, é preciso uma interlocução da AMP e Amcespar junto ao Governo Estadual para modificação deste cálculo.
O presidente da AMP, Júnior Weiller, disse que essa foi uma das reuniões mais produtivas das quais realizou junto às associações. Benato também confirmou o pensamento de Weiller e ainda acrescentou que isso se dá por conta da união dos prefeitos da Amcespar.
Na ocasião, estavam presentes o Vice-Governador, Darci Piana, o deputado Emerson Bacil, o presidente da Invest Paraná, João Eduardo Bekin, o presidente da AMP, Júnior Weiller, o professor Joacir Machado, e o diretor da CNM, Joarez Henrichs. Também constaram na reunião os prefeitos Jorge Derbli, de Irati, Junior Benato, de Inácio Martins, Cleonice Shuck, de Fernandes Pinheiro, Osnei Stadler, de Prudentópolis, Leandro Jasinski, de Rio Azul, Marcelo Leite, de Guamiranga, Luiz Zak, de Rebouças, e Moacir Schinvelski, de Mallet. Apenas Lula Thomaz, prefeito de Teixeira Soares, não compareceu.