Confidencial
Derbli lança SAMU em Irati

Atemporal

A inauguração do SAMU, que aconteceu na manhã da quinta-feira (30,) é um marco na atual administração. Isso foi dito pelo prefeito Junior Benato que elogiou o trabalho e a determinação do prefeito Derbli em implantar o serviço. Benato era prefeito em seu primeiro mandato quando se iniciou as tratativas e discussões para implantação do SAMU. Agora, passados uma década, o serviço se torna realidade. Embora a inauguração seja um marco, em poucos dias toda a região estará sendo atendida. Na foto, um registro do prefeito que tem como marco o início das discussões o prefeito da instalação e diretor geral do Consórcio que vai administrar o SAMU.

Esclarecendo as dúvidas

A Amcespar e a AMP trazem a palestra com o Dr. Cassio Prudente Vieira Leite, do escritório Bonini Guedes, sobre o tema Eleições 2020. O evento é voltado a candidatos, advogados e coordenadores políticos que estarão envolvidos no processo eleitoral deste ano. Será abordado o fim das coligações coeficiente eleitoral e calendário eleitoral entre outros. O evento será no restaurante Anila, no dia 31, às 14 horas.

A Pedido

O secretário do Interior, Anselmo Stadykoski, pediu seu desligamento do posto que ocupava. A postagem no grupo dos secretários não aponta o motivo, mas coloca como irrevogável. Stadykoski tem uma proximidade com o vereador Nivaldo Bartoski, e sua saída poderia estar atrelada a saída de Bartoski da base de Derbli. Mas os motivos são apenas especulações. O que se pode afirmar é que Anselmo foi cabo eleitoral de Sandro Alex que indicou Emiliano Gomes como presidente da provisória do PSD de Irati. E isto, sim, pode estar entrelaçado.

Mas o que deixa o prefeito indignado é a forma da exoneração. No momento da admissão, a pessoa é bem assessorada e vem em comitiva para pedir o espaço. Mas o momento da saída é anunciado por grupo de whats. “A ingratidão é um sentimento que o homem público deve estar acostumado”, disse Derbli nos bastidores.

Becão no Interior

E de bate pronto Derbli já nomeou Amarildo Polo, conhecido no meio como Becão. Jorge só impôs uma condição ao novo nomeado: Obedecer ao mandatário. O maior problema na pasta era a insubordinação que o prefeito aposta ter contornado com o novo nome. Derbli aposta num trabalho unificado entre os secretários, Buzina (Urbano) e Becão (Interior). Vamos conferir a aposta.

Na indústria e no Comércio

A secretaria de Industria e Comércio já tem novo titular, Marcel Diogo de Deus. Ele era executivo da Aciai e vem para administração Jorge Derbli com o apoio da entidade e a missão de dar vida a uma Secretaria extremamente importante no momento atual. Mas por outro lado, é a Secretaria que tem os menores recursos. Mas Marcel tem todo o apoio do prefeito e da Aciai, receita com as maiores possibilidades de acerto. Marcel é formado em Administração pela Unicentro, com especializações em Gestão Financeira e Desenvolvimento Comunitário. Ele é proprietária da Empresa Cartuchos.com. Quem tem uma folha de pagamento pra cuidar tem muito a contribuir.

PSB vai para Oposição em Inácio

O PSB está em negociação para ser reestruturado pelo time do ex-prefeito, Marino, em Inácio Martins. Com a derrota de Leopoldo Meier na última eleição, quem assumiu o mando do partido foi Aliel Machado. O PSB sai das mãos de Sid Lopes e vai para Marino e companhia. Marino já tem o apoio de Sandro Alex (PSD). Agora, resta saber como a turma vai trabalhar como dois tigres no mesmo capão, Aliel Machado (PSB) e Sandro Alex (PSD), uma vez que, são rivais no Estado.

De fato, mas não de direito

O ex-vereador Emiliano Gomes esteve esta semana com o vice-governador Darcy Piana. Junto com Amanda Grychinski, falaram sobre os investimentos do SESC em Irati. Piana falou que as obras da construção, no novo empreendimento, que será realizado na Avenida José Galiciolli deverá ter início no segundo semestre. Emiliano é de fato, mas não de direito o novo presidente do PSD de Irati e aproveita o momento para transitar nas bases do Palácio Araucária.

Eleitor importante

O governador Ratinho terá um papel importante nas próximas eleições. Aproveitando o bom momento de sua avaliação política todo mundo quer a transferência de voto ou da popularidade. Mas o problema é resolver os problemas dentro do próprio governo. Na maioria das cidades, mas de um candidato a prefeito é da base do governador, o que deve dificultar esta atuação do próprio governador ou colocá-lo na neutralidade.

Reestruturando

Emiliano, junto de outras lideranças, está reestruturando o partido. Da velha guarda apenas Sidnei Jorge, que pretendia ter a presidência do partido, acompanhou Emiliano. Gomes tem a missão de reestruturar a legenda em Irati que tem ícones como o vice, Amilton Komniski, e o vereador Wilson Karas. O contexto na investidura de Gomes faz crer que ele será o candidato a prefeito contra Derbli nas próximas eleições. Embora tenha sido recentemente secretário de Desenvolvimento Econômico do prefeito Jorge.

                                           60%

Número de assinaturas atingidas para criar o partido Aliança (38) do presidente Bolsonaro.

Aliança

Ainda tem muito serviço pela frente para tornar o partido Aliança valido para as eleições municipais de 2020. O prazo é curto e depois de habilitá-lo precisa criar nos municípios. Para quem quer ganhar voto inspirado no populismo de Bolsonaro é preciso empenho, uma vez que, o PSL já está contaminado. Se quiser voto do “Bolsonaro” tem que estar onde ele estiver. E o PSL não é este lugar.

 “No dia que se definir o preço de uma vida humana poderemos dizer se foi caro ou barato a implantação do SAMU. Até lá, eu defendo o investimento” - Jorge Derbli