Confidencial
Irati pode ter Educação como vocação
(Foto: Reprodução )

IRATI PODE TER EDUCAÇÃO COMO VOCAÇÃO

Há muito tempo vem se discutindo qual seria a vocação de Irati. Com a vinda da Universidade Campo Real para o município, e analisando todo o cenário que se forma neste sentido, com universidades a distância e presenciais, além da condição geográfica da cidade, podemos analisar que o ramo da Educação pode ser esta referência. Atualmente, Irati tem mais de cinco Universidades a distância, em breve, deverá ter quatro presenciais com mais de 20 cursos, trazendo vários benefícios para a cidade. Ressalva-se o trabalho realizado que a longo tempo se concretizou neste passo importante.

A saúde pública é nossa principal preocupação, logo atrás vem a preservação da democracia

Luís Roberto Barroso, presidente do TSE

JORGE - O CICERONE

O Prefeito Jorge Derbli exerceu com maestria o papel de ciceronear (pessoa responsável por apresentar a cidade e deixar as pessoas a vontade) o reitor da Universidade Campo Real, Edson Aires da Silva, e sua equipe. Há vários meses Derbli conduzia a equipe em busca do melhor imóvel, dando atenção para que tudo desse certo. Vários locais foram vistos até que Derbli apresentou, já sem muita expectativa, o antigo colégio das irmãs do Riozinho. Com o ato de entusiasmar a compra do colégio, e fazer com que a Universidade se instalasse em tempo definitivo, mostra o comprometimento com a cidade. O passo de agora, completa outras etapas iniciadas em tempos atrás como a criticada na compra do Colégio Santa Maria dos padres Capuchinhos e doado ao estado pelo então prefeito, Alfredo Vander Neut, e depois na transformação da Unicentro, foram pontos de partida importantes para o processo. Depois a vinda do IFPR na gestão do prefeito Sérgio Stoklos, com participação de Felipe Lucas e, agora, com um passo importante sintonizado na busca incessante do conhecimento. Derbli faz esse papel com coerência e assertividade. Coloca mais uma ferramenta para população da região ter acesso à educação de qualidade. Às vezes, o processo é lento, mas acontece quando não se desiste.

QUEM PARTICIPOU

Na última Sessão da Câmara, quem fez o anúncio da chegada da Campo Real, em Irati, foi o vereador Marcelinho Rodrigues que é da comunidade. Ele apresentou um vídeo com depoimento do prefeito Jorge Derbli numa visita à Guarapuava, em que teria ocorrido o convite formal para a instituição ser instalada em Irati. Desta viagem, participaram os vereadores Nei Cabral e Marcelinho Rodrigues.

SEM CHAMINÉ

O vereador Hélio de Mello fez menção ao ressaltar a vinda da Universidade para Irati como uma indústria sem chaminé. “É emprego que vem para o município e renda que não vai embora”. Além da qualificação da mão de obra e do conhecimento que acontece com mais efetividade. Hélio ainda defendeu na mesma sessão o empréstimo para concluir o ginásio de esportes que está paralisado. Irati devolve um lugar de ensino para o ensino e ainda avança para se transformar num polo de educação. O pedido de R$ 10.500 mi tramitou na Câmara no ano passado, mas teve de voltar este ano. A conclusão da obra propícia um belíssimo ginásio para a cidade a ser referência no esporte regional. Segundo Hélio, Derbli quebrou a barreira da judicialização para que a obra possa ser concluída. E a Câmara faz a sua parte aprovando o empréstimo. Mello ainda parabenizou o comércio por cooperar com as medidas de combate à Covid-19.

IR ANTONINHO ZANLORENSI

A Câmara de vereadores de Irati aprovou um PL que nomeia como Antoninho Zanlorensi a estrada que liga a Br 277, ao Pinho de Baixo. De propositura do vereador Roni Surek, a estrada faz uma merecida homenagem a um dos mais fortes representantes da Cultura Italiana em nosso município. Dentre seus feitos recentes, junto de uma comitiva, Antoninho foi a Brasília a convite do deputado Evandro Roman defender a produção do vinho artesanal.

BARTOSKI, REALIDADE OU LENDA

O vereador Tucho Bartoski (PSD), conseguiu mais uma vez desperdiçar o uso da tribuna. Com um discurso de mais de 10 minutos onde pouca gente entendeu. Dentre ameaças e justificativas, Tucho não disse nada com nada. Nenhuma mensagem plausível ficou de tudo. Talvez tenha falado por código “morse” não foi. Que pena. Tempo desperdiçado.

“R$ 10.5 mi”

Valor de financiamento aprovado por unanimidade na Câmara de Irati.

NOVO HORÁRIO

Devido a mudança de horário do comércio e também das repartições públicas, o presidente da Câmara sugeriu a alteração do horário das sessões para as 17h durante o período da pandemia. Nei, ainda enalteceu a vinda da universidade Campo Real, também explicou o uso da tribuna. Acredito que até o presidente ficou constrangido com a falta de nexo de alguns que usam da estrutura.

SIGILO QUEBRADO

O Ministro Alexandre de Moraes do (STF) relator do inquérito que apura atos antidemocráticos determinou a quebra do sigilo bancário da deputada Aline Sleutjes (PSL-PR), de Castro. A deputada que é apoiadora de Bolsonaro, negou que tenha financiado os atos antidemocráticos, mas confirmou sua presença nas manifestações. Além de Aline, outros 10 deputados tiveram o sigilo quebrado. Aline é a única deputada até o momento do Paraná. Aline Sleutjes disse que o sigilo das suas contas bancárias está aberto ao STF e ao Poder Judiciário.

ELEIÇÕES 2020

Na terça-feira (16), o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, o presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia e do Senado, David Alco Lumbre, entraram em um acordo sobre o adiamento das eleições municipais deste ano. A eleição deve acontecer em 2020, para evitar que os mandatos de prefeitos e vereadores sejam prorrogados. Três sugestões foram apresentadas: primeiro turno em 15 de novembro, com segundo turno em 29 de novembro; primeiro turno em 6 de dezembro, com segundo em 20 de dezembro e a manutenção do primeiro turno em 4 de outubro, com segundo turno em 25 de outubro. Mas a versão que mais ganha força é da eleição do primeiro turno em de novembro.