Confidencial
Novos secretários

Novos Secretários

Foto: Assessoria

O prefeito Jorge Derbli foi o convidado da semana na Câmara de Vereadores. Além de falar sobre a administração municipal, Derbli apresentou os secretários que estarão com ele nesta nova gestão. Além daqueles que já comentamos anteriormente, Derbli nomeou Marcelinho Rodrigues (PSDB) como secretário de Indústria e Comércio, Gilson Leveovix para Comunicação e Soldado Elias assume a Secretaria de Segurança. Ainda está aberto Esportes e Cultura que deverão ser nomeados nos próximos dias.

“5,43”

O prefeito de Rio Azul deu a reposição da inflação aos servidores municipais.

Foto: Diogo Bataglin

É dia de Feira 

O prefeito Jorge Derbli (PSDB), junto da deputada Leandre Dal Ponte (PV), inaugurou na manhã da quinta-feira (11), o novo espaço da Feira do Produtor Iratiense. Um espaço bem estruturado que vai trazer, não só para quem vende, mas também para quem compra, um local que, com certeza, vai valorizar os produtos iratienses. Após a construção da fachada, que, com certeza, terá traços do “arquiteto” Jorge Derbli, será um cartão de visitas.

Sem Carnaval

Pegou mal. O funcionalismo público esperava um período de descanso nos dias de Carnaval. Mesmo sem Carnaval. Deu ruim. O governador Ratinho Jr (PSD) vai cancelar o ponto facultativo do Carnaval deste ano para todo o Poder Executivo. A decisão foi tomada como forma de conter o avanço do coronavírus no Estado. De acordo com o governador, o objetivo é desestimular viagens e eventos que possam causar aglomeração, comuns durante o período de Carnaval. “Já que não vai poder ter Carnaval mesmo, nós não podemos ter aglomerações, então a ideia é que a gente possa tocar a vida dentro da normalidade, pelo menos a área pública, o governo do Estado”, argumentou Ratinho Jr. Irati como outras da região vão seguir o mesmo comando. O prefeito Jorge Derbli (PSDB) já colocou que deverá dispensar o ponto facultativo do Carnaval. Já Imbituva do prefeito Celso Kubaski (Cidadania) vai manter o ponto facultativo.

Visita

Foto: Nilton Pabis

O prefeito de Inácio Martins, Junior Benato (PSD), esteve em visita esta semana ao prefeito de Imbituva, Celso Kubaski (Cidadania). Celso é vice-presidente da Amcespar e a visita foi para afinar o discurso nas demandas que são importantes para o bloco regional. Entre os temas está o valor do repasse escolar e também pavimentação da BR 153, entre Imbituva a Alto do Amparo. Este é o único trecho da estrada que não é pavimentado e essa obra traria impulso para a região, uma vez que a estrada corta o País.

Pedágio

O pedágio é outro tema que vai tirar o sono do governador este ano. Embora seja realizado pelo Governo Bolsonaro, O governador Ratinho Jr. (PSD) é como se fosse um avalista do processo. Isso porque algumas rodovias estaduais estarão incluídas no leilão e até então era o Governo do Estado que cuidava do processo. Para clarear as demandas e levar as queixas do povo paranaense que “se pela de medo” de ter pedágio caro em mais uma concessão, o deputado e líder do governo, Hussein Bakri (PSD) está conduzindo uma comissão de deputados estaduais que irão discutir a forma dos novos pedágios no Paraná. Está certo o deputado. Tem de questionar agora, depois não adianta.

Convid

O presidente da Câmara de Vereadores de Imbituva, vereador Elcio Galvão (PSB), é mais uma vítima dA Covid-19. Elcio está internado em Ponta Grossa e até o fechamento desta edição estava fazendo uso de oxigênio. Também o vice-prefeito, Zaqueu Bobato, testou positivo para a Covid-19, mas passa bem e está em casa EM quarentena.

Transporte Escolar

A volta às aulas traz de volta uma velha demanda entre prefeituras e Estado. São as prefeituras que realizam o transporte escolar, mas o Estado banca apenas uma pequena parte, menos de 20% do valor investido. Irati, por exemplo, gasta algo próximo a R$ 8 milhões por ano em transporte escolar e Prudentópolis, que é uma das maiores do estado, gasta aproximadamente R$ 11 milhões e recebe algo próximo R$ 3 milhões. Os prefeitos não aguentam mais pagar esta conta e estão pedindo ao governo que honre com sua parte. Os prefeitos pedem no mínimo um aumento gradual.

“R$ 11 Milhões”

Prudentópolis é um dos municípios que mais investe em transporte escolar. A região Irati vem em segundo lugar, ficando na casa dos R$8 mi.

A fala é a mesma

Foto: Nilton Pabis

Vários prefeitos da AMCESPAR (Cleonice, Zak, Leandro, Moacir) liderados pelo presidente Junior Benato, participaram de uma reunião promovida pela Associação dos Campos Gerais (AMCG) com o presidente do Fundapar, Alessandro Oliveira, para discutir a questão do repasse. Benato que estava na mesa, defendeu a bandeira do aumento do repasse aos municípios devido a inviabilidade de realizar o transporte. Os prefeitos tiveram a oportunidade de falar de suas dificuldades em voltar às aulas presenciais. O problema é o mesmo, só muda o endereço.

Em comum

A escola cívico-militar é outro problema em comum. A diferença de horário em relação as outras turmas estão deixando o pessoal que cuida do transporte escolar com o cabelo em pé. Todos os prefeitos afirmam o benefício que a forma de ensino trará, mas todos pedem que o governo repasse mais recursos. Em vários municípios como em Rebouças, por exemplo, terá que ser implantado mais três linhas para adaptar aos novos horários.

 "Um bom exemplo é o melhor sermão" –Benjamin Franklin

Comemorando

Não é só em Prudentópolis que o prefeito está comemorando a ampliação de empregos. Lá o prefeito está investindo pesado num parque industrial para geração de empregos. Já o prefeito em exercício de Guamiranga, André Predebom comemora a instalação de uma empresa do ramo madeireiro, que vai gerar de 30 a 40 empregos direto. Nos próximos dias ela estará em funcionamento. “É mais renda circulando no comercio do município”, ressalta André.

Homenagem

O vereador Hélio de Mello (PV), entregou uma homenagem ao prefeito Jorge Derbli (PSDB). É uma foto emoldurada do momento da posse online de Derbli como prefeito. Hélio disse que além de emocionante, a foto demonstra todo o espirito público e a vontade de fazer o bem por Irati.