“Um olhar além que transforma vidas!”
O que constelar?

O que é o essencial para mim atualmente?

No caminho da vida que sigo, o que é que realmente preciso?

O que é que tento várias vezes e não consigo?

Existe um padrão de repetição em minha vida, nas minhas atitudes, nas minhas escolhas?

Algo aconteceu, algo que não posso integrar?

A constelação não vai além do que a pessoa oferece. No equilíbrio entre dar e receber, a pessoa assume e agradece sua vida tal como ela é, e a vida irá lhe presentear com uma mudança. A mudança será proporcional ao que nós liberarmos por amor!

O Constelador não é o curador; ele apenas se coloca a serviço do seu destino, do seu sistema familiar e da energia, permitindo que outras forças (movimento do espírito, forças de cura, ressonância etc.) trabalhem fazendo emergir uma nova realidade da sua própria vida.

Esse movimento de cura respeita o livre arbítrio da pessoa e não irá além do quanto ela se rende ao amor, à aceitação e ao respeito.

Por outro lado, não existe cura individual: a cura é de todos. A solução é necessariamente uma solução boa para todos. Por isso, não podemos esquecer os detalhes do que queremos conseguir. Somente as forças de cura sabem qual pode ser a solução boa para nós. E nossa abertura à vida, tal como ela é, irá permitir que se desenvolva uma solução totalmente inesperada e boa para todos.

Os que querem controlar o curso de sua vida, o fazem durante um período e logo o controle necessariamente lhes escapará; e irão viver a polaridade do seu controle.

O Constelador não vai se fazer de pai nem de mãe, não é um protetor, nem é um mago: não pode mudar meu destino, nem me liberar de minhas responsabilidades ou de minhas culpas. Tampouco vai poder transformar meus sonhos em realidade. Só vai se centrar, permitindo que o cliente se conecte com seu próprio centro vazio. Aí reside toda a cura.

Na Constelação Familiar, veremos um fenômeno duplo:

Diante do cliente e do Constelador vão se manifestar as dinâmicas ocultas que governam a vida do cliente como membro de distintos sistemas.

Os pequenos (descendentes) estão a serviço dos maiores (ascendentes).

Aparecem as desordens dos campos (relação de casal, relação com os filhos, relação com os pais etc.) aos quais o cliente está vinculado.

Talvez você já tenha se perguntado...

Eu tenho tudo para ser feliz e não sou!

Eu gostaria de ter um bom relacionamento, mas não consigo!

Estou no 4º relacionamento e não estou feliz!

Por que me sinto culpado quando acontece algo comigo?

Tenho preparo para ser um bom profissional e porque não consigo emprego?

Por que minha empresa não deslancha satisfatoriamente mesmo que eu trabalhe tanto?

Como funciona?

Bert Hellinger desenvolveu um método original de olhar para as relações humanas, que pode ser aplicado ao contexto familiar, pessoal e profissional, já que se baseia em leis universais, presentes em todos os âmbitos da convivência humana.

Que Leis são essas descobertas por Bert Hellinger?

As Leis naturais do amor que atuam nos relacionamentos humanos. Bert Hellinger cita três ordens do amor. Vou descrevê-las de uma forma bem simples e possível de usar no dia-a-dia, na sua família e no seu trabalho, na sua própria vida.

1 - Pertencimento

2 - Ordem

3 – Equilíbrio

Essas ordens ou “Leis” atuam realmente em nossas vidas, assim como as leis da natureza. As “Leis” do amor atuam sobre os relacionamentos de qualquer ordem. Por exemplo: na família, na empresa, na escola; enfim, em qualquer grupo de pessoas, pois onde há um grupo de pessoas, há um sistema, isto é, pessoas interligadas entre si.

Continua...

Se você deseja uma resposta a essas perguntas...

Venha participar conosco de um Workshop vivencial de Constelações Familiares! Esta abordagem gera percepções novas, simples e surpreendentes para soluções de diversas questões que envolvem família, a saúde, os relacionamentos, o sucesso. Uma vivência que nos conduz a olhar com amor para nossos próprios emaranhamentos, mostrando uma postura de compreensão de nosso lugar em nossa família de origem, nossa família atual, nossa profissão, nosso trabalho, nossos relacionamentos, etc.

Se você se sente chamado (a) a olhar para o seu Sistema Familiar, ou conhecer as Constelações Sistêmica Familiar, eu atuo como Psicóloga Clínica desde 1988 e atualmente como Consteladora.

Pertenço à Congregação das Irmãs Franciscanas de Ingolstadt e Trabalho no Centro de Formação Nossa Senhora da Paz

Estrada Eduardo Burgart, 2041 – Ponta Grossa/PR

Telefone para contato: 42 32395342 / 41 996454541 / 11 999654115

Falar com Ir. Benilde Müller

Ou com Marilene Müller Mazocco 41 999621446