Otorrino sem dúvidas, com Dr Bruno Leonardo Freire de Alencar
Ouvir melhor é viver melhor

 A perda auditiva é a deficiência mais comum em todo o mundo. A perda bilateral, ou seja, nas duas orelhas, prejudica ainda mais o convívio social, é importante que o som que chega nos nossos ouvidos sejam captados por ambos, para escutar, captar e interpretar todos os sons com facilidade. A correção dessa perda pode resultar em uma melhora significativa da qualidade de vida, o uso de aparelho auditivo em perdas auditivas de torna essencial, e quando a perda é em ambos os ouvidos é importante que se use o aparelho em ambos para que se aumente a qualidade e a quantidade dos sinais sonoros recebidos por ambos os ouvidos, o uso de aparelho em apenas uma orelha pode ser útil em ambientes silenciosos, mas ele provavelmente não terá o mesmo desempenho em situações com barulho intenso.

A maior dificuldade de compreensão de fala ocorre quando várias pessoas estão falando ao mesmo tempo, isso é muito comum em durante reuniões em família ou amigos, por exemplo. Com dois aparelhos auditivos é possível maximizar a compreensão em um ambiente com ruído, além do mais um som quando é apresentado as duas orelhas são considerados mais alto do que o mesmo som, na mesma intensidade quando apresentado somente a uma orelha, isso significa que o usuário de dois aparelhos auditivos pode utilizar menos volume em cada aparelho, isso produz uma audição mais agradável e com menos amplificação de ruídos de fora os quais acabam prejudicando a qualidade do som.

O usuário de aparelho auditivo terá muitas vantagens, vai voltar a escutar, evitará o isolamento social, vai retornar suas atividades diárias, terá melhor qualidade de vida, terá capacidade de responder adequadamente quando solicitado, além de muitos outros benefícios.

Por isso é importante que a pessoa que já não está ouvindo bem, ou que ouve, mas não entende o que as pessoas falam procurem um profissional de saúde auditiva o qual irá orientar sobre o problema e tomará as devidas condutas se necessário.

Algumas das principais doenças dos ouvidos são:

Otites: inflamações/infecções da orelha. Causas:  sinusites, faringites e adenoidites. Sintomas: dor de ouvido, perda auditiva, secreção do ouvido e sensação de ouvido tampado.

Cerume: popularmente conhecido como cera do ouvido. Em excesso, pode ocasionar a rolha de cera, provocando sensação de orelha tampada, diminuição da audição, dor de ouvido, tontura e até tosse persistente.

Labirintite: A labirintite verdadeira é uma inflamação ou infecção do labirinto. Há, no entanto, várias doenças relacionadas ao labirinto que causam os mesmos sintomas de tontura e vertigem, que geralmente vem acompanhada de náuseas, vômitos e sudorese.

Em todos os casos, o mais importante, sempre, é consultar um médico otorrinolaringologista para avaliação e diagnóstico.