Adolescente de 16 anos é pego após realizar manobras de risco com moto em Imbituva

Motocicleta estava com a documentação irregular e trafegava na contramão

Amanda Borges, com informações da PM

No domingo (24), a equipe da Polícia Militar de Imbituva, realizava patrulhamento na Avenida 7 de Setembro, centro da cidade, quando avistaram um motociclista em alta velocidade, pulando lombadas, promovendo barulho alto com escapamento roncador, fazendo manobras e cortando giro. Para conter o motorista, os PM’s se posicionaram afim de realizar a abordagem do veículo, no cruzamento entre a avenida e a Rua Joaquim Gaspar. Os policiais deram ordem de parada ao condutor que, ao avistar a equipe, fugiu em alta velocidade na contramão da avenida.

Devido a tentativa de fuga, a equipe seguiu o motociclista, com giroflex e sirene ligados. Contudo, o motociclista continuou na contramão da via, avançou o sinal vermelho e seguiu sentido Mato Branco, pela rodovia PR-522. Os policiais só conseguiram abordar o motorista nas proximidades da curva do bazar, próximo a localidade do Aterrado Alto, já que o condutor perdeu o controle da motocicleta e caiu, ao passar por um trecho com lama.

Na abordagem, os policiais não encontraram nada ilícito com o condutor, contudo, o motorista tinha 16 anos. O adolescente alegou que fugiu porque sua moto, modelo Honda/CG cinza, estava com os documentos irregulares e que ficou com medo de ter o veículo apreendido. Ainda, ele disse que tinha a autorização do pai para dirigir o veículo. O adolescente mora na localidade de Valinhos e seguia até a comunidade Nova Esperança, para visitar a namorada.

Após todos os procedimentos iniciais, o adolescente e seus pais foram até a sede do 3º Pelotão da Polícia Militar. Apesar do relato do menino, os responsáveis pelo rapaz disseram que eles não haviam dado nenhuma autorização para que o filho utilizasse a moto.

Diante dos fatos, equipe entrou em contato com o plantão da 13ª SDP de Ponta Grossa para informar a situação ocorrida. Assim, as partes foram convocadas para comparecer em data posterior na Delegacia de Imbituva, para melhor esclarecimento dos fatos. O veículo ficou retido no Pátio da Sede do 3º Pelotão da PM, o condutor foi notificado e orientado quanto a regularização dos documentos do veículo.