Após briga, médico é assassinado em Prudentópolis e suspeito é preso

Vítima foi identificada como Fábio Maia e foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos

Amanda Borges, com informações da PM

Por volta das 19h30 de domingo (5), a Polícia Militar de Prudentópolis foi acionada pelo Corpo de Bombeiros para atender uma ocorrência de lesão corporal gravíssima contra Fábio Maia, médico e morador da Rua Dos Mendes. A equipe médica já havia prestado socorro a vítima.

Chegando ao local, a PM conversou com um rapaz de 20 anos que estava na residência indicada no relato. Ele informou que Fábio o atacou e, em defesa, ele revidou com socos e chutes. O suspeito também informou que ele mesmo havia acionado o socorro médico para atendimento da vítima.

Em revista no espaço, em um dos quartos os policiais encontraram marcas de sangue na cama e paredes. Ainda, três celulares foram apreendidos, dois pertencentes a vítima e um deles ao autor.

Fábio foi encaminhado à Santa Casa de Prudentópolis e chegou ao hospital apresentando uma parada cardíaca. Enquanto ocorriam os procedimentos policiais de atendimento ao crime, os policiais receberam a informação de que a vítima havia morrido durante o atendimento médico.

O suspeito foi encaminhado para a delegacia de Prudentópolis e está preso.

PREFEITURA

Na manhã de terça-feira (06), a Prefeitura de Prudentópolis emitiu uma nota lamentando a morte de Fábio e prestando apoio aos familiares e amigos da vítima. “Dr. Fábio nos deixa como legado o seu admirável trabalho em favor da Saúde dos Munícipes de Prudentópolis e seu exemplo de profissional dedicado e ético”, afirmou a nota.