Briga em frente a uma danceteria de Irati resulta em duas prisões

Dois sujeitos foram levados para a Delegacia da Polícia Civil

Na madrugada de sábado (7), a equipe da Polícia Militar de Irati realizava patrulhamento na Rua Expedicionário José de Lima, quando avistou uma briga generalizada em frente a uma danceteria, mais de 20 pessoas participavam do confronto. Duas pessoas foram presas.

Segundo a PM, foi necessária a utilização de uso moderado de força devido a alguns participantes estarem portando garrafas e cavaletes, também, tendo em vista a desvantagem numérica da equipe, que estava com quatro policiais.

 

Após a dispersão do tumulto, foi identificado que um dos participantes da briga estava com ferimentos no braço esquerdo, que relatou que tinha sido causado por uma das pessoas que estava com uma garrafa quebrada, e foi encaminhado, pela equipe do Corpo de Bombeiros, a Santa Casa de Irati para os procedimentos médicos.

Durante o momento em que era feito o atendimento a este individuo, uma nova briga começou, com, aproximadamente, 10 pessoas, sendo novamente necessário o uso progressivo de força. A PM relata que um dos participantes foi identificado por alguns dos indivíduos sendo que, a todo o momento, um deles utilizava de palavras ofensivas e baixo calão contra com policiais, e acabou sendo detido pela equipe, porém resistiu a prisão sendo necessário uso de força e algemas.

 

Diante do desacato e da resistência, o indivíduo foi encaminhado à 41ª Delegacia de Polícia de Irati para as providências de polícia jurídica, após feito o laudo de lesões corporais. Foi realizada a identificação de mais alguns responsáveis pela briga, em que foi lavrado termo circunstanciado por rixa.

Na sede da 8ª CIPM um dos envolvidos que somente foi identificado na 41ª Delegacia, dizendo que apenas se identificaria na presença de seu advogado, proferiu ameaças aos policiais dizendo que iria processar a equipe e ainda caluniou dizendo que seus dois aparelhos celulares haviam sido furtados pelos policiais.

Tendo em vista de que o mesmo negou-se a identificar-se, caluniou os policiais e pela ameaça proferida, este também foi encaminhado a 41ª Delegacia de Policia para identificação e demais procedimentos sendo ainda confeccionado laudo de lesões corporais.