Caminhão carregado com carne suína tomba na BR 277, em Palmeira

De acordo com a concessionária, houve confronto armado entre saqueadores e os seguranças particulares. PRF não encontrou estas pessoas no local

PRF

Na terça-feira (30), a equipe Polícia Rodoviária Federal (PRF) de plantão na Unidade Operacional de Irati/PR, atendeu um acidente do tipo tombamento de caminhão, com container carregado de carne suína para exportação. O acidente ocorreu na BR 277, Km 204, sentido decrescente, em Palmeira/PR, por volta das 9h30. O condutor e passageira foram removidos para hospital de Irati e a concessionária encarregou-se do destombamento do caminhão para ser guinchado. No local do acidente, permaneceram seguranças particulares para guarda da carga.

Por volta das 16h20, a Concessionária Caminhos do Paraná entrou em contato com a PRF de Irati para informar que no local do acidente ocorrera confronto armado, com disparos de armas de fogo e pessoas alvejadas, confronto entre saqueadores e os seguranças particulares. Com isso, a equipe solicitou apoio e retornou ao local do acidente e saque de carga, sendo que lá chegando, havia cerca de 20 pessoas saqueando a carga e uns oito veículos parados às margens da BR 277.

No momento do desembarque dos policiais, houve uma dispersão, sendo que a equipe não encontrou nem as supostas vítimas nem os seguranças que outrora estavam no local. Contudo, a equipe conseguiu abordar um GM Meriva preto que saía do local, com três masculinos e também com, aproximadamente, 20kg de carne suína numa caixa, daquelas caixas componentes da carga acidentada e saqueada. Da mesma forma, em patrulhamento em rua de terra, a equipe encontrou momentos depois, um GM Prisma, com, aproximadamente, 20kg de carne saqueada.

Assim sendo, os quatro masculinos e dois veículos foram encaminhados à PCPR em Palmeira, sendo referidos indivíduos entregues ilesos à Autoridade Policial. Ainda, outra equipe deslocou aos hospitais da região e levantou a informação de que apenas um homem deu entrada com ferimentos por arma de fogo, um homem de 40 anos, que levou um tiro no pescoço e posteriormente foi removido do Hospital de Palmeira ao Hospital Regional de Ponta Grossa. As investigações sobre as circunstâncias do ocorrido seguem pela Delegacia da Polícia Civil de Palmeira.