Corpo de Bombeiros de Irati passa a ser independente

 A governadora Cida Borghetti anunciou nesta quinta-feira (13) a criação do 10º Subgrupamento de Bombeiros Independente, em Irati, que garantirá

 A governadora Cida Borghetti anunciou nesta quinta-feira (13) a criação do 10º Subgrupamento de Bombeiros Independente, em Irati, que garantirá mais autonomia nos serviços prestados para a população. A novidade foi comemorada pela corporação, que na última semana completou 70 anos, sendo uma das mais antigas e tradicionais do Paraná. Cida destacou a importância das ações para reforçar a segurança na região. A unidade do Corpo de Bombeiros passa a ter mais autonomia e também mais recursos para um atendimento de qualidade da população, disse.

O comandante, capitão Jorge Augusto Ramos, explica que haverá mais funções administrativas, além de operacionais para atender todos os municípios que engloba. Teremos maior capacidade, poderemos levar estrutura para as cidades que não têm. Eu acredito ser o ponto primordial, ressaltou.

Jorge Augusto explicou que em Irati poderá haver inclusive escola para formação de bombeiros, assim que o Governo do Estado autorize concurso público. Temos muitos bombeiros que saem de Irati para se formar, o que poderá ser feito aqui, onde eles devem permanecer trabalhando, informou.

ESTRUTURA Com a elevação, a unidade do Corpo de Bombeiros de Irati, que pertencia ao 2º Grupamento de Ponta Grossa, passa a responder diretamente ao comando do Corpo de Bombeiros, em Curitiba, e ganha mais autonomia e poder de ação, além de um orçamento próprio. De acordo com o coronel Antônio Zanatta Neto, chefe do Estado-Maior da Polícia Militar e comandante interino do Corpo de Bombeiros, também estão previstos um aumento no efetivo e mais investimentos e equipamentos na unidade, que vai atender 21 municípios da região. É um avanço para a região. Além de aproximar o Corpo de Bombeiros da comunidade, a unidade vai trazer mais segurança, seja nas vistorias nos prédios e construções ou no atendimento ao público pelo setor de busca e salvamento, de combate a incêndios e no atendimento a traumas, por meio do Siate, afirmou o coronel Zanatta.

MARIA DA PENHA Na mesma solenidade, Cida entregou uma viatura para a Patrulha Maria da Penha, que é utilizada exclusivamente no atendimento às ocorrências de violência doméstica. O município já recebeu o botão do pânico, que também é voltado ao atendimento às mulheres vítimas de violência. O atendimento das vítimas será feito de forma conjunta pela Polícia Civil, Polícia Militar e a Guarda Municipal. A finalidade é fazer um atendimento diferenciado em situações de violência contra mulheres. O carro não tem giroflex para não causar tanto impacto, e busca atender as mulheres em situação de perigo, explicou o delegado Paulo César Ribeiro.