Rapaz de 19 anos morre após capotamento acarretado por manobras de risco em Ivaí

Jovem estava embriagado, não tinha CNH e veículo apresentava pendências administrativas

Amanda Borges, com informações da Polícia Militar

Na noite domingo (13), por volta das 21h30, em frente ao Destacamento de Polícia Militar, em Ivaí, um veículo, modelo Celta na cor branca, estava “cortando giro”. Assim que perceberam as atitudes de risco do motorista, a polícia iniciou as buscas pelo carro. Durante o patrulhamento, próximo a Praça da Bíblia, os policias viram o Celta trafegando em zigue-zague na contramão, realizando frenagens e arrancadas bruscas.

Presenciando a série de crimes, a polícia tentou solicitar ao condutor a parada do veículo através de sinais sonoros e luminosos, mas sem sucesso. Após o desobedecimento das primeiras ordens das autoridades, o motorista iniciou uma fuga pela PRC 487 e continuou realizando manobras de estremo risco, acompanhadas de altas velocidades. Durante a fuga, o veículo pulou lombadas e fez ultrapassagens na contramão e, por conta disso, quase colidiu com outros veículos que trafegavam de maneira segura pela via no sentido contrário.

A equipe da Polícia Militar continuou a perseguição do veículo até que, no Km 441, em uma curva, o Celta invadiu a contramão e saiu da pista, adentrando uma plantação de erva-mate. Por consequência da imprudência, o carro capotou, parando a cerca de 100m da saída de pista. Aproximando-se do local, a equipe da PM percebeu que o rapaz tentava sair do veículo rastejando.

Ao iniciar os atendimentos, os policiais sinalizaram a via e entraram em contato com o Hospital Municipal de Ivaí e SAMU, solicitando o envio de socorro para o local. Dando sequência aos procedimentos formais, os policiais perceberam que, ao perguntar o nome do rapaz, ele estava visivelmente embriagado, por conta de sua clara dificuldade em responder. Ainda, as equipes conferiram que ele não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Na sequência, a equipe do SAMU realizou os primeiros socorros e seguiram com o motorista rumo ao hospital. A Polícia Militar permaneceu no local até a chegada das autoridades da Polícia Rodoviária Estadual, que realizaram o guichamento e conferiram que o veículo tinha pendências administrativas.

A equipe do SAMU informou os policiais que, durante o caminho até o hospital, o rapaz, de 19 anos, teve uma parada cardíaca e foi a óbito antes mesmo de chegar ao destino.