Ratinho JR lança candidatura ao governo do Paraná pelo PSD

Com informações do Portal Bem Paraná Em convenção do PSD, na manhã de sábado (21), que reuniu cerca de quatro mil

Com informações do Portal Bem Paraná

Em convenção do PSD, na manhã de sábado (21), que reuniu cerca de quatro mil correligionários, o candidato a governador do Paraná e deputado estadual Ratinho Jr confirmou o PR na coligação e deixou chapa aberta para novas alianças. O PR, aliás, compareceu em peso na convenção que homologou a candidatura de Ratinho Jr.

“Temos 15 dias para negociar com outros partidos que concordem com a nossa proposta de modernizar o Estado”, afirmou ele. Até 5 de agosto, também serão definidos os candidatos a vice e a senador. “Nós vamos usar todo prazo que temos para definir com calma a nossa chama. Temos até 5 de agosto”, disse.

Ele destacou que há muitas opções excelentes para o cargo de vice, entre eles Edson Campagnolo (PRB), Darci Piana (PSD), Norberto Ortigara (PSD) e Marcel Micheletto (PR). Ratinho Jr negou que a governadora Cida Borghetti (PP) possa ser candidata a vice na sua chapa, caso desista de disputar o governo. “Não tenho essa informação”, afirmou ele. Para o senado, Ratinho citou o nome de Christiane Yared (PR), que estava na convenção deste sábado, e Reinhold Stephanes.

Entre as propostas destacadas por Ratinho Jr, está uma ampla negociação com os sindicatos que representam os servidores. “Um grande erro das administrações é negociar aumentos todos os anos. Vamos discutir com os servidores os quatro anos de governo”, afirmou ele.

“Temos que pensar em décadas e não somente no mandato de quatro anos. Minha geração tem a obrigação de consertar as coisas”, disse ele. Ratinho Jr garante que se eleito vai diminuir em 59% o número de secretarias de governo.

Minha geração tem a obrigação de consertar as coisas

Ratinho Jr

Ratinho Júnior tem 15 anos de vida pública. Já ocupou cargos de deputado estadual e federal. Também foi candidato à Prefeitura de Curitiba em 2012, o qual perdeu no segundo turno. Em 2014, foi eleito deputado estadual com 300 mil votos. Também foi secretário de Desenvolvimento Urbano do governo Beto Richa.