Torre de telefone será construída no Mato Branco de Baixo em Imbituva

A torre tem 50 metros e proporcionará sinal também para outras comunidades

Zaqueu Bobato

A comunidade de Mato Branco de Baixo está localizada a cerca de 9 Km do Centro da cidade de Imbituva. Embora pertença ao quadro rural do município, a área tem características de perímetro urbano mesclando-se com elementos do rural.
A comunidade é a única a apresentar uma concentração entre 99.71 e 1633.99 habitantes por quilômetro quadrado. Fica demonstrado que Mato Branco de Baixo e as comunidades vizinhas formam a região rural mais populosa do município.
O vice-prefeito, Zaqueu Bobato, que também é morador do entorno da comunidade disse que “vivenciando o problema de não ter essa cobertura vivendo num contexto em que o uso do celular, das tecnologias não é uma questão de luxo, mas sim uma necessidade, assumimos com o prefeito Celso na campanha, momento em que unimos nossas candidaturas que se chegássemos a ser eleitos iríamos correr atrás dessa urgência de ter uma torre na comunidade”, disse.
Segundo Bobato, a união pela causa resultou em visitas na capital onde o deputado federal, Sandro Alex, e o deputado estadual, Alexandre Curi, não mediram esforços para intermediar a reivindicação.
O vice-prefeito conta que levou consigo um texto acadêmico bem embasado mostrando a realidade local com diversos dados que mostravam a importância social e econômica da comunidade para o município, e, imediatamente, o deputado Sandro Alex conseguiu marcar uma apresentação da demanda para o gerente de Relações Institucionais da TIM – Região Sul, Cleber Rodrigo Affanio e o pedido foi aceito na hora.
“Saí emocionado da reunião, pois eu vivo a dificuldade de estar numa região populosa do município e não ter acesso a sinal de telefonia. Hoje, por exemplo, temos SAMU em Imbituva, portanto, com acesso a sinal de telefone vidas podem ser salvas”, disse.
Zaqueu disse que “o prefeito Celso é muito aberto ao diálogo, temos uma parceria e sintonia no trabalho. Ele deu total apoio no processo de ter essa melhoria. Na campanha,em cada casa que chegávamos, era pedido para lutarmos pela realização. Assim que assumimos a Prefeitura, o Celso de forma descontraída falou ‘Vamos correr atrás, pode dar teus “pulos” que o tempo corre’. Foi o que fizemos como poder público, temos a missão e a possibilidade de realizar as coisas para o bem comum”, disse.
Para finalizar, Zaqueu disse que é uma obra que ficará marcada no município e que vai agregar muito na vida das pessoas que residem na comunidade. “Sem dúvida, esse feito vai ficar marcado, pois muitos prometeram, porém não se comprometeram, portanto, coube a nós se comprometer e concretizar”.