A esperança chegou

O ano de 2021 começou com boas notícias para o povo, que tinha uma esperança de dias melhores

Esta semana, o Brasil deu início a mais esperada campanha de vacinação, a vacina contra a Covid-19 começou a ser aplicada nos brasileiros. O ano de 2021 começou com boas notícias para o povo, que tinha uma esperança de dias melhores.

No domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial das vacinas CoronaVac e de Oxford, no mesmo dia, o governador de São Paulo, João Doria, iniciou a vacinação no estado e no país.

A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira a receber o imunizante, e foi um dia histórico no país. Com agilidade para uso emergencial, o Paraná iniciou a vacinação contra a Covid-19 um dia depois. Na segunda-feira (18), o governador Carlos Massa Ratinho Junior, junto do secretário estadual de Saúde, Beto Preto, foram receber as mais de seis milhões de doses para o estado. Ainda na segunda, o Paraná teve a primeira pessoa vacinada, Lucimar Josiane de Oliveira, enfermeira, de 44 anos.

A agilidade do governo do estado chegou a região. Na terça-feira (19), a equipe da 4ª Regional de Saúde, junto de prefeitos e equipe da saúde dos municípios, foram até Guarapuava retirar as primeiras 1.520 doses destinadas às cidades da região. No período da noite, foi realizado um ato simbólico para início da vacinação, e o provedor da Santa Casa de Irati, Ladislao Obrzut Neto, foi o primeiro a receber o imunizante

As doses foram distribuídas e agora os profissionais da Saúde, indígenas e idosos que vivem em instituições permanentes irão receber as primeiras doses. Este é um avanço significativo para o fim de uma pandemia que dura 10 meses no Brasil, é a esperança que chega para que um novo ciclo comece.

Os esforços dos nossos governantes estaduais precisam ser reconhecidos nesse momento, pois a situação não está controlada, os casos ainda aumentam a cada dia. Até o momento, o país soma 8.638.249 casos confirmados, com 7.618.080 pacientes recuperados e 212.831 mortes.

Com a chegada da vacina, é preciso que os cuidados de higiene continuem e se intensifiquem. As pessoas precisam ser vacinadas, tomar a segunda dose, e depois de alguns meses teremos os resultados de todo trabalho feito. Agora, é o momento de nos cuidarmos ainda mais, pois a pandemia que assola a todos teve um início para o fim.