CAIXA libera consulta do PIS via CPF neste mês de janeiro veja como fazer

O Programa de Integração Social, além de conceder abonos aos cidadãos, também colabora com o desenvolvimento de empresas do setor

Saulo Moreira

Os trabalhadores de empresas privadas com carteira assinada tem o direito de receber o PIS. O Programa de Integração Social, além de conceder abonos aos cidadãos, também colabora com o desenvolvimento de empresas do setor. Ele é gerenciado pela Caixa Econômica Federal.

Quando um cidadão é contratado pela primeira vez por uma empresa privada, ele recebe o seu número PIS. Os dígitos seguirão o titular durante toda sua trajetória laboral, mesmo que mais tarde se torne um servidor público.

benefício do PIS é repassado aos trabalhadores de direito anualmente. Ele é considerado uma espécie de 14º salário. No entanto, não são todos os cadastrados no programa que tem direito ao abono.

Quem pode receber o PIS?

Para ter acesso ao abono o trabalhador deve atender às seguintes condições:

  • Estar inscrito no PIS há pelo menos 5 anos;
  • Ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano anterior;
  • Ter recebido, em média, até dois salários mínimos por mês;
  • Estar com os dados devidamente informados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), de responsabilidade do empregador.

Como saber o meu número PIS?

O número do PIS pode ser encontrado das seguintes formas:

  • Agência da Caixa Econômica Federal (CEF);
  • Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS);
  • Cartão Cidadão;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Extrato do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS);

Como consultar o PIS usando o CPF?

O procedimento é simples e prático. Veja o passo a passo a seguir:

  1. Acesse o aplicativo Meu INSS;
  2. Na sequência faça o login via gov.br;
  3. Caso ainda não tenha um registro, cadastre-se com seus dados;
  4. Ao entra na plataforma, vá no canto superior da tela para ver os detalhes do PIS;
  5. Feito isto, é possível conferir todas as informações sobre programa e tirar dúvidas, caso ainda tenha.

Quem tem direito?

Ao considerar que os pagamentos serão de competência do ano-base 2020, o trabalhador precisa:

  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido em 2020, remuneração média mensal de até dois salários mínimos;
  • Ter trabalhado em 2020, com carteira assinada, durante 30 dias consecutivos, ou não; e
  • Estar com as informações atualizadas pelos empregadores na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Como saber se tenho direito ao abono?

Para o PIS (trabalhador de empresa privada):

  • No Aplicativo Caixa Trabalhador;
  • No site da caixa;
  • Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207.

Para o Pasep (servidor público):

  • Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas);
  • 0800 729 0001 (demais cidades);
  • 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/caixa-libera-consulta-do-pis-via-cpf-neste-mes-de-janeiro-veja-como-fazer/